31 janeiro 2023 11:30
31 janeiro 2023 11:30

Trabalhador morre após prancha de madeira de 250kg cair em seu pé

Homem ficou internado por quatro dias, até apresentar episódio súbito e sofrer várias paradas cardíacas

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Roberto Carlos Vilhalva Medina, de 43 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira (18) logo após sofrer várias paradas cardíacas na Santa Casa de Campo Grande. Ele estava internado desde o dia 13, quando uma prancha de mesa de madeira com cerca de 250 kg, caiu em seu pé no Jardim Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima estava em seu serviço, uma empresa de fabricação de móveis de madeira, quando foram fazer a entrega de uma mesa de madeira e dois bancos, sendo que o trabalhador foi segurando os móveis.

Porém, em determinado lugar, o veículo passou em um buraco e a prancha da mesa com todo aquele peso desceu e prensou o pé dele. A vítima foi socorrida rapidamente para a Santa Casa, onde permaneceu internado nos últimos dias.

Desde daquele dia, Roberto não conseguia apoiar o pé, mas na terça-feira (17), o trabalhador apresentou um episódio súbito de agitação, delírio associado a dois episódios de êmese, sendo realizado a contenção pela equipe de enfermagem da unidade hospitalar.

No final da tarde de ontem, o paciente teve crise convulsiva, desorientação e dando início a uma série de paradas cardíacas. Em um primeiro momento, o processo de reanimação durou 14 minutos, sendo internado no CTI (Centro de Terapia Intensivo) na sequência para cirurgia geral de urgência.

Mas no final da noite, novas paradas cardíacas. A equipe médica fez novas tentativas e após 5 ciclos, estabilizou a vítima, mas minutos mais tarde, mais uma parada cardiorrespiratória e mesmo após 5 ciclos de reanimação, Roberto não resistiu e morreu às 00h20 de hoje.

O caso foi registrado como morte a esclarecer na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

TopMídia News

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS