31 janeiro 2023 11:20
31 janeiro 2023 11:20

Sargento da Polícia Militar atira na própria cabeça e fica em estado gravíssimo

O Militar fez a publicação no status do WhatsApp ás 7h59 minutos da manhã, o militar escreveu “ Perdão a todos que ficam. Cuidem da minha família”, relatou.

Por Angélica Florêncio/Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Um sargento da Polícia Militar de 33 anos, ficou gravemente ferido após atirar contra a própria cabeça durante uma tentativa de suicídio, nesta segunda-feira, 23, no Loteamento Buriti, em Rio Branco.

Everton Saboia de Araújo, é sargento da Polícia Militar e segundo informações presta serviço no gabinete do governador, e estaria de férias. Conforme informações, o militar estaria fazendo tratamento contra depressão.

Segundo testemunhas informaram para a corporação, que o militar chegou no local em um veículo Fiat Cronos, de cor prata, desceu do carro na última rua do loteamento e adentrou uma área de mata, em seguida, já foi ouvido o disparo. O PM atirou na cabeça tentando tirar a própria vida.

Foi apurado pela reportagem do site Ecos da Notícia, que o militar enviou uma mensagem para a esposa contando o que ia fazer e onde o encontrariam. Imediatamente, a mulher ligou para o COPOM e relatou a mensagem recebida pelo marido e o endereço para onde ele teria ido.

Familiares do sargento, alertados pela esposa, também seguiram para o endereço, na tentativa de tentar impedir o ato, mas quando chegaram, ele já havia abandonado o carro no Loteamento, já teria entrando em um matagal próximo e efetuado o disparo contra a própria cabeça.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, e enviou uma viatura de suporte básica (08), que já estava em curso, e também foi deslocada a ambulância (01) de suporte avançado, para dar apoio no atendimento. Ao chegar no local, os paramédicos encontraram o PM no chão, com um tiro na cabeça e a arma usada se encontrava ao lado do militar.

A equipe médica do Samu prestou os primeiros atendimentos, precisando entubar o policial, que se encontrava em estado gravíssimo, decorrente do disparo, que atingiu o cérebro, fazendo que o militar tivesse perda de massa encefálica. Após conseguir estabilizar o quadro clínico do sargento, os paramédicos o encaminharam ao Pronto Socorro de Rio Branco, onde deu entrada em estado de saúde crítico.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS