1 fevereiro 2023 1:43
1 fevereiro 2023 1:43

SAMU é acionado para socorrer homem espancado, mas ele não aceita receber atendimento dos profissionais

Pedro Oliveira, não quis ser encaminhado ao Pronto Socorro da capital, mas relatou a equipe médica que foi agredido por terceiros.

Por Angélica Florêncio/Com informações James Silva

- Publicidade -

Pedro Rêmulo de Oliveira, de 38 anos, foi vítima de espancamento na noite desta sexta-feira, 20, na rua Cearense, bairro Seis de Agosto, na região central de Rio Branco.

Segundo informações, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), recebeu um chamado para atender uma vítima de arma branca, no endereço citado, mas quando chegou ao local, a vitima se trancou em sua residência e não queria abrir a porta para os socorristas do SAMU realizar o atendimento.

Uma mulher que estava no local, percebeu a situação e começou a conversar com o homem, e pediu que ele abrisse a porta, para receber socorro médico. O homem atendeu a solicitação da conhecida e abriu a porta da casa, e os paramédicos puderam avaliar a situação da gravidade dos ferimentos, que inicialmente era tratado por esfaqueamento, porém, se tratava de ferimentos superficiais no couro cabeludo e no membro inferior direito, supostamente feito por um pedaço de madeira (pau).

Pedro Oliveira, não quis ser encaminhado ao Pronto Socorro da capital, mas relatou a equipe médica que foi agredido por terceiros, porém, não informou a motivação para a agressão. Alguns populares relataram que o homem quando bebe e usa drogas, fica muito alterado e atrai brigas e confusões pela redondeza, inclusive dentro de casa, ele ameaça esfaquear os familiares.

A Polícia Militar esteve no local acompanhando os fatos e tentando localizar os agressores, que até o momento não foram identificados.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS