2 fevereiro 2023 9:35
2 fevereiro 2023 9:35

Representação do Senado tem pedido de prisão de vândalos que continuam soltos

Documento conta com o pedido de prisão de 38 pessoas que foram identificadas pelas câmeras do Senado

Por CNN BRASIL

- Publicidade -

A representação apresentada pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), à Procuradoria-Geral da República nesta sexta-feira (13) conta com pedidos de prisão de vândalos que depredaram o Congresso Nacional no dia 8 de janeiro que ainda estão soltos.

Segundo apuração da CNN, o documento conta com o pedido de prisão de 38 pessoas que foram identificadas pelas câmeras do Senado, por imagens divulgadas nas redes sociais e que foram pegas pela própria Polícia Legislativa no domingo (8).

Destas 38 pessoas, algumas poucas, segundo fontes ouvidas pela CNN, continuam soltas e não foram pegas pelos policiais. O documento entregue por Pacheco ao procurador-geral da República, Augusto Aras, é sigiloso e deve ser analisado pelo Ministério Público nos próximos dias.

Na reunião desta sexta-feira (13), Aras disse a Pacheco que a PGR deve apresentar, na segunda (16) ou na terça-feira (17), as denúncias contra os vândalos que invadiram o Congresso.

A representação ainda conta com pedidos de bloqueio dos bens desses vândalos, como uma forma de garantir a restituição aos cofres públicos dos recursos usados para reparar os danos causados pelos criminosos –desde a troca de vidros, portas e janelas até a restauração de obras de artes danificadas.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS