24 janeiro 2023 3:15
24 janeiro 2023 3:15

Pedro tem primeiro início como titular do Flamengo após ano de Copa e sem lesões

Agora com a camisa 9, centroavante faz um e dá duas assistências em goleada sobre a Portuguesa

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Pedro é daqueles jogadores que podem ser tratados como sinônimo de camisa 9. É centroavante de referência, alto e com bom poder de finalização. O número que o caracteriza fielmente, porém, só chegou às mãos dele no Flamengo em 2023, ano em que pela primeira vez arranca como titular absoluto no clube.

Pedro herdou a 9 de Gabigol, agora camisa 10. O atleta de 25 anos até começou 2021 como titular porque Rogério Ceni não levou o time principal a campo nas rodadas iniciais do Carioca. Também teve chance de iniciar na estreia do time principal do ano passado, mas é bom destacar que Gabigol voltava de convocação da Seleção na vitória por 3 a 0 sobre o Boavista.

A temporada de 2023 é diferente para Pedro. É, de fato, a primeira em que começa com status de titular absoluto do Flamengo. E com apoio dos portugueses. Vítor Pereira e seus auxiliares ficaram empolgados com o que viram nos treinamentos. A inicial animação da comissão de VP teve resposta rápida: o 9 fez belo gol e deu duas assistências, uma delas lindíssima no gol de Fabrício Bruno.

Pedro agora é o camisa 9 do Flamengo — Foto: Marcelo Cortes/Flamengo
Pedro agora é o camisa 9 do Flamengo — Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

Fim de 2022 repleto de realizações

Pedro agora tem a chance de emplacar sua primeira grande temporada com constância no Flamengo desde o início da temporada. É importante frisar o “desde o início” porque 2022 pintava como mais um ano de incertezas no Rubro-Negro em janeiro do ano passado.

Embora o também português Paulo Sousa tivesse prometido empenho para colocar Pedro para jogar com Bruno Henrique e Gabigol, a intenção nunca saiu do discurso. O ex-camisa 21 precisou da chegada de Dorival para ter oportunidades. Não as desperdiçou. Destaque na goleada por 7 a 1 sobre o Tolima e na vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-MG, dois dos mais importantes triunfos em 2022, Pedro decolou.

Em 2022, Pedro terminou pela primeira vez uma temporada sem nenhuma lesão, registrou seu recorde de gols numa temporada (29) e terminou como artilheiro do Flamengo ao lado de Gabigol. Conseguiu reverter um cenário que parecia desfavorável em relação à Copa do Mundo. Não só foi convocado, como também acabou utilizado nas quartas de final.

Com as duas assistências diante da Portuguesa, Pedro chegou a 20 no total como rubro-negro. São 71 gols marcados. Especialistas davam conta de que a dupla com Gabigol se tornaria mais difícil com Vítor Pereira, mas o primeiro jogo contraria tais expectativas.

A prova de que podem jogar juntos veio no segundo gol do jogo. Agora ainda mais solto em campo, voltou à intermediária defensiva para receber de Gerson e arrancar na direção de Gabigol. Quando o 10 fez o movimento diagonal, Pedro tocou. Gabi cortou para fora e finalizou com chute forte.

Pedro e seus principais companheiros voltam a campo na quarta-feira, às 19h, em Cariacica, no Espírito Santo, contra o Madureira. Imaginava-se que Vítor Pereira pudesse descansar a equipe, mas, em coletiva concedida após a goleada sobre a Portuguesa, o treinador avisou que irá com o que melhor tem.

Com informações ge.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS