3 fevereiro 2023 12:09
3 fevereiro 2023 12:09

Palmeiras vence Goiás e volta à final da Copa São Paulo

Verdão venceu o Esmeraldino no Allianz Parque e decide o título da Copinha contra o vencedor entre América-MG e Santos

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Em busca do bicampeonato inédito, o Palmeiras é o primeiro finalista da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2023. Neste sábado (21), o Verdão recebeu o Goiás no Allianz Parque, venceu por 2 a 1 e garantiu vaga na final da Copinha pelo segundo ano consecutivo.

Classificado para a decisão, o Palmeiras defenderá o título da Copa São Paulo contra América-MG ou Santos, que se enfrentam neste domingo (22) na Vila Belmiro. A final ainda será marcada pela Federação Paulista de Futebol, mas pode ser novamente no Allianz Parque.

Por outro lado, o Goiás se despede da Copinha chegando a sua terceira semifinal na história, igualando a segunda melhor campanha do clube na principal competição de base do futebol brasileiro.

O Palmeiras demorou mais para abrir o placar em comparação aos jogos anteriores, mas marcou seu primeiro gol do jogo em grande estilo. Aos 25 minutos, Kevin recebeu pela ponta esquerda, cortou para o meio e acertou uma finalização de rara felicidade, no ângulo de Catula.

A resposta do Goiás não demorou e veio aos 33 minutos. Após cruzamento de Alan pela ponta direita, Andrey ganhou de Talisca na disputa aérea e cabeceou no contrapé de Aranha, que não teve a menor chance, já que a finalização foi na linha da pequena área.

O segundo tempo começou frenético. Aos três minutos, Vitor Hugo chutou de bicicleta, de fora da área, mas Aranha espalmou e evitou um verdadeiro gloaço. No lance seguinte, Estevam – de apenas 15 anos – fez uma jogada individual partindo do meio-campo, passou por vários marcadores e finalizou para defesa de Catula, que evitou o que seria mais um gol de placa.

Aos 17 minutos, Palmeiras voltou à frente graças a uma infelicidade de Nolasco. Após cruzamento de Ruan Ribeiro pela direita, o zagueiro do Goiás tentou cortar, mas desviou a bola para a própria meta. O lance foi checado pelo VAR por um possível impedimento na origem da jogada, mas o gol foi validado – e acabou sendo o diferencial para a classificação do Verdão, já que o placar não foi alterado até o apito final.

R7 Notícias

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS