31 janeiro 2023 11:21
31 janeiro 2023 11:21

O trio de ouro das lojas Americanas jura que não sabia de nada

Acredite se quiser...

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Dono de 31% da empresa, o trio de acionistas de referência da Americanas, Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira, afirma em nota que jamais teve conhecimento de manobras ou dissimulações contábeis na companhia.

Foi a primeira manifestação pública do trio desde o estouro do escândalo. A nota diz a Americanas foi administrada por executivos considerados qualificados e que contava com uma das maiores empresas de auditoria independente do mundo, a PwC.

“Assim como todos os demais acionistas, credores, clientes e empregados da companhia, acreditávamos firmemente que tudo estava absolutamente correto”, lamentou o trio. Que em nenhum momento admite pôr dinheiro para capitalizar a empresa.

A Americanas acumulou uma dívida de 20 bilhões de dólares. Agora em recuperação judicial, ela distribuiu mais de R$ 2 bilhões em dividendos a acionistas na última década. O valor é bem superior ao pago por algumas das maiores varejistas do país.

Metrópoles

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS