1 fevereiro 2023 10:37
1 fevereiro 2023 10:37

No Acre, 90 presos que estavam inscritos não fizeram as provas do Enem 2022

Provas foram aplicadas na última terça (10) e nessa quarta (11) nos presídios do Acre.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Noventa dos 472 presos do Acre inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022 não fizeram as provas. O estado teve mais de 520 pessoas privadas de liberdade (PPL) inscritas para as provas, aplicadas na última terça (10) e essa quarta-feira (11) nas unidades prisionais. O balanço foi divulgado nessa quinta-feira (12).

Destas, 472 eram presos do Sistema Penitenciário e 48 adolescentes que cumprem medidas socioeducativas. As cidades que tiveram mais presos inscritos foram Rio Branco e Senador Guiomard, no interior.

Os faltosos, inclusive, estavam detidos em unidades prisionais destas duas cidades. Segundo a coordenação das ações do Enem no Acre, os presos que não fizeram as provas tiveram progressão de pena ou desistiram.

A reportagem tentou contato com a equipe do Instituto Socioeducativos do Estado (ISE) para saber quantos adolescentes não fizeram as provas e aguarda retorno.

As provas foram aplicadas dentro das próprias unidades prisionais sob a responsabilidade da instituição que aplica o Enem.

O Enem PPL avalia o desempenho do participante que concluiu o Ensino Médio e, a partir de critérios utilizados pelo Ministério da Educação (MEC), permite o acesso ao Ensino Superior por meio de programas como Sisu, ProUni e Fies.

O exame é aplicado desde 2010 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública. Podem participar aqueles estados que assinam termo de adesão, responsabilidade e compromisso. O nível de dificuldade do exame é o mesmo do Enem regular.

Com informações g1.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS