24 janeiro 2023 1:22
24 janeiro 2023 1:22

Mulher tem 80% do corpo queimado após discussão em bar

Atendente acendeu isqueiro em vítima banhada por álcool em gel. Mulher teve 80% do corpo queimado e foi internada em estado grave

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Uma mulher teve 80% do corpo incendiado em um bar após a atendente do local atear fogo no corpo dela, que estava encharcado de álcool em gel. O caso aconteceu em Cotia, região Metropolitana de São Paulo, no último dia 13 de janeiro. A vítima segue internada em estado grave. As informações são do portal Metrópoles.

A primeira versão levada à polícia era de que Juniele Rocha Silva Monteiro, de 37 anos, teria sofrido um surto, jogado alcool em gel em si mesma e depois ateado fogo no próprio corpo. A responsável pelo relato foi Bruna Regina dos Santos Amador, de 27 anos, que ainda disse aos policiais militares que a vítima teria acendido cigarro e, com isso, o corpo dela entrou em chamas.

Todavia, três dias após o ocorrido, a irmã de Juniele entregou à polícia um vídeo feito pela câmara de monitoramento do bar que muda a primeira versão dos fatos. Nas imagens, a vítima realmente despeja um galão de álcool em si mesma enquanto discute com outra mulher. Ela também dança e tira a própria camisa.

Em determinado momento, Bruna se aproxima da vítima com um isqueiro e o acende por três vezes, encostando no corpo de Juniele.

As duas se abraçam e outra pesssoa, a balconista Francileide Gomes Souza, de 48 anos, se aproxima, agacha e põe fogo em uma poça de álcool no chão.

Rapidamente, as chamas se alastram e atingem os pés e mãos de Bruna e todo o corpo de Juniele, que se desespera.

Por conta da gravidade dos ferimentos, um helicópter foi acionado para o socorro da vítima, e a levou para o Hospital das Clínicas, onde ela segue internada com falência renal e comprometimento pulmonar, de acordo com apuração do portal Metrópoles.

Francileide e Bruna foram alvo de um mandado de prisão preventiva expedido nesta quinta-feira (19).

Bruna foi presa, mas Francileide está foragida. As duas foram indiciadas por tentativa de homicídio qualificado com uso de fogo.

Yahoo!

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS