27 janeiro 2023 5:38
27 janeiro 2023 5:38

Motim em presídio de Cruzeiro do Sul deixou 10 celas com danos, aponta direção da unidade

Administração da unidade ainda investiga as causas da revolta que aconteceu na última segunda-feira (2).

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Três dias após um motim que envolveu cerca de 400 detentos no Presídio Manoel Neri da Silva em Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, a administração da unidade divulgou um balanço dos dandos causados durante o ato dentro do presídio.

De acordo com informações do diretor da unidade, Elves Barros, pelo menos 10 celas ficaram danificadas. A administração do presídio fez um levantamento das principais avarias e agora inicia os reparos.

“Nós passamos por um período difícil e ficou bem danificado. Agora estamos fazendo esse trabalho, até ontem [quarta, 4] estávamos tirando cinzas, entulho, ferro, concreto, lixo que foi acumulado ali durante o período, e agora iniciamos a obra”, informou Barros.

Os presos utilizaram materiais presentes nas celas para improvisar instrumentos que provocaram os danos. A direção do presídio ainda investiga as possíveis motivações para o motim, mas rebate alegações de familiares dos presos que denunciaram problemas com a alimentação.

Elves Barros também descarta que o motim tenha ligação com a possível retirada de televisão cedida aos presos para assistirem os jogos da Copa do Mundo.

“Nós estamos em investigação, abrimos processo administrativo para verificar o real motivo. O que se sabe é que há algumas alegações sem fundamento por parte deles e por parte de familiares, tendo em vista que a questão da alimentação foi melhorada, o juiz viu, o pessoal da OAB [Ordem dos Advogados do Brasil] também verificou. Nós temos feito de tudo para melhorar o ambiente prisional. Talvez [a retirada da TV] tenha sido um dos motivos, porém não posso afirmar, mas nós não tínhamos tirado a TV ainda e não tínhamos data pra tirar. A TV ainda estava na cela quando começaram o motim”, alega.

Revolta no presídio

Familiares de presos se concentraram em frente à unidade prisional de Cruzeiro do Sul nessa segunda (2) — Foto: Bruno Vinícius/Rede Amazônica

O motim no Presídio Manoel Neri da Silva aconteceu na segunda-feira (2), em Cruzeiro do Sul, interior do Acre. Familiares de presos se concentraram em frente à unidade prisional durante e o clima ficou tenso no local. Não houve registro de fuga.

Em nota, a Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e o Instituto de Administração Penitenciária do Estado (Iapen) informaram que a situação foi “totalmente controlada”, que foram feitas verificações no local para checar possíveis danos na estrutura e retirar materiais não permitidos, mas não detalhou o que de fato foi encontrado no interior do presídio.

As forças de segurança, como Bombeiros, Rotam, Polícias Militar, Civil e Penal foram acionadas para conter os presos.

Fonte: G1ACRE

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS