1 fevereiro 2023 4:34
1 fevereiro 2023 4:34

Morador que guardava cocaína avaliada em mais de R$ 5 milhões em casa é preso

Droga foi apreendida guardada em caixas na residência do suspeito

Por Midiamax

- Publicidade -

Na manhã desta terça-feira (24), cocaína avaliada em mais de R$ 5 milhões foi apreendida em uma residência no Jardim Novos Estados, em Campo Grande. O morador, de 53 anos, foi detido em flagrante por armazenar a droga.

Equipes do Batalhão de Choque já tinham informação de que veículos de Ponta Porã estariam entrando e saindo daquela residência. Então, os militares foram ao local e abordaram o morador, de 53 anos, nas proximidades.

Ele havia saído da residência com o Vectra e, na casa, a esposa autorizou a entrada dos policiais. Então, no local foram encontradas uma caminhonete e mais um carro, mas nada ilícito foi localizado nos veículos.

Porém, com o nervosismo do homem de 53 anos, os militares vistoriaram também o interior da residência. Assim, encontraram ao lado da cozinha várias caixas com tabletes de cocaína.

Foi feita apreensão da droga e a esposa afirmou que não sabia do entorpecente. Já o homem acabou preso em flagrante por tráfico de drogas.

Ao todo, foram apreendidos 212 quilos de cocaína. Esses tabletes tinham a mesma ‘marcação’ de outros apreendidos recentemente, na última quinta-feira.

Cocaína apreendida em caminhão

Droga estava escondida no fundo falso – Foto: Nathalia Alcantara/Midiamax

Na última quinta-feira (19), carregamento de 215 quilos de cocaína foi apreendido quando chegava em Campo Grande, no fundo falso de um caminhão.

Conforme a polícia, a investigação levou aproximadamente duas semanas e foi feita em parceria entre PRF (Polícia Rodoviária Federal) e Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico).

Assim, os agentes monitoraram os integrantes de facção criminosa. Então, nesta quinta-feira, a droga que saiu de Ponta Porã acabou apreendida quando chegava em Campo Grande.

Ainda de acordo com os delegados Hoffman D’Ávila, Roberto Guimarães e Bruno Santacatharina, e o agente da PRF Emerson Silva de Souza, a droga seria entregue em São Paulo.

Também segundo a polícia, na abordagem o jovem de 20 anos que dirigia o caminhão teria demonstrado certo nervosismo. Já em verificação no veículo, foi identificado o fundo falso onde a droga era levada.

Com isso, foi apreendida a cocaína, avaliada em aproximadamente R$ 15 milhões. No entanto, em São Paulo, o valor chega a dobrar, podendo render R$ 30 milhões para a facção criminosa.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS