1 fevereiro 2023 2:49
1 fevereiro 2023 2:49

Mesmo recluso em mansão, Bolsonaro distribui autógrafos em tênis e bonecas

Desde que saiu do hospital, na última terça (10), o ex-presidente deixou de atender os apoiadores que se aglomeram em frente à residência

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Recluso em casa por recomendação médica, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) teve uma manhã de artista em Orlando, nos Estados Unidos, nesta sexta-feira (13). Hospedado em um condomínio na região de Kissimmee, o político distribuiu autógrafos e assinou até tênis e bonecas.

Desde que saiu do hospital, na última terça (10), o ex-presidente deixou de atender os apoiadores que se aglomeram em frente à residência. Contudo, na manhã desta sexta-feira (13), a equipe que cuida do ex-chefe do executivo federal quebrou a barreira e permitiu que bolsonaristas entregassem presentes e objetos para serem autografados.

A lista foi desde bandeiras, agendas, camisetas a bonecas e até mesmo um tênis. Os brasileiros vindos de locais como Nova York e do interior de Minas Gerais ficaram extasiados com a oportunidade.

Ao receberem os objetos autografados, posaram para fotos em frente à residência. Toda a movimentação foi acompanhada pela imprensa internacional, que também passou a monitorar o imóvel em busca de uma imagem ou declaração de Bolsonaro.

Nessa quinta (12/1), o médico Ricardo Peixoto Camarinha foi até o condomínio de luxo checar a saúde do ex-presidente. A recomendação foi clara: repouso total e apenas dieta líquida. Com as restrições, Bolsonaro perdeu peso, mas segundo fontes ligadas à família, tem se recuperado bem. Ainda não há, entretanto, previsão de retornar ao Brasil.

Apoiadores

A aglomeração em frente à casa onde o ex-presidente está hospedado começa, todos os dias, por volta das 8h da manhã, horário local, e segue até 12h. Os apoiadores retornam às 16h e ficam até anoitecer. Brasileiros, vestidos de verde e amarelo, aguardam por horas para tentar uma foto e autógrafo do ex-presidente, derrotado nas urnas por Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Pastores evangélicos também aparecem em peso com bíblias e presentes.

A movimentação frenética no condomínio chamou a atenção de estrangeiros que procuraram o local para passar férias com a família.

Apesar do resort de luxo abrigar casas de atletas e personalidades famosas, a peregrinação dos bolsonaristas se destaca. Na última semana, o ex-presidente chegou a atender cerca de 300 pessoas em apenas um dia.

Visto

A permanência de Bolsonaro em solo americano é incerta. Um grupo de parlamentares democratas dos Estados Unidos enviou uma carta com o pedido de anulação do visto dele para o presidente norte-americano Joe Biden. Eles insistem que Biden “colabore com as autoridades brasileiras” na investigação dos atos antidemocráticos de 8 de janeiro.

A carta conta com a assinatura dos 46 parlamentares do partido, no qual Biden também faz parte. O presidente dos EUA condenou o ataque aos Três Poderes e prestou solidariedade ao Brasil.
Bolsonaro está em Orlando, na Flórida, desde 30 de dezembro. Ele saiu do país antes mesmo de passar a faixa presidencial para Lula.

Metrópoles

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS