24 janeiro 2023 8:53
24 janeiro 2023 8:53

Menina dá entrada em hospital, após ser picada por cobra enquanto fugia de abusos do padrasto

Menina contou sobre os abusos à assistente social do hospital, que pediu medida protetiva de urgência

Por Midiamax Uol

- Publicidade -

A Polícia Civil foi acionada no Hospital Universitário de Dourados, a 249 km de Campo Grande, após uma menina, de 11 anos dar entrada com ferimento de picada de cobra. Na unidade de saúde, a criança, que é indígena, contou que foi picada pela serpente quando fugia do padrasto que a estuprava.

À assistente social a menina contou que o padrasto também pratica violência doméstica contra a mãe. A criança, seguia com a mãe e o irmãozinho de dois meses pelo mato até a casa da irmã da vítima, que tem 13 anos e seria “casada”, segundo o relato dela, a irmã também seria vítima do autor.

Na casa onde sofre os abusos, que fica em uma aldeia outra cidade no interior do Estado, ela mora com a mãe, padrasto e dois irmãos de 2 meses e de 6 anos, estes filhos do homem.

Ao ser questionada sobre os abusos, a menina contou que no ano passado em um dos casos o estupro foi tão doloroso que foi parar no hospital e a mãe foi quem a socorreu.

À assistente social a menina disse que não quer voltar para a casa pois está com muito medo do padrasto.

A mãe não está no hospital por conta de restrições da instituição, mas a assistente solicitou medida protetiva de urgência.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS