31 janeiro 2023 11:15
31 janeiro 2023 11:15

Médica do Samu do Acre integra missão em Terra Indígena Yanomami

Com a crise de desassistência sanitária e nutricional constatada no território Yanomami, o MS decidiu reforçar a equipe multidisciplinar que integra a missão humanitária na região.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A médica pediatra do Serviço Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Rio Branco, Bruna Farias, está entre os 12 profissionais da Força Nacional do SUS, enviados pelo Ministério da Saúde, nesta segunda-feira, 23, para a Terra Indígena Yanomami, em Roraima.

Com a crise de desassistência sanitária e nutricional constatada no território Yanomami, o MS decidiu reforçar a equipe multidisciplinar que integra a missão humanitária na região. Os profissionais estão concentrados em Boa Vista (RR), onde prestam serviços na Casa de Saúde Indígena (Casai) e no hospital de campanha que está sendo preparado pelo Exército Brasileiro.

Crianças Yanomami foram resgatas em estado de saúde grave(Foto: Condisi-YY/Divulgação)

“A doutora Bruna é pediatra, emergencista e trabalha no Samu. Eu já fazia parte da Força Nacional do SUS e me ausentei por conta da Sesacre. Essa já é a segunda missão nacional da qual a doutora Bruna participa”, afirmou o secretário de Estado de Saúde, Pedro Pascoal.

Além da médica, também integra a missão o acreano Marcos Lima, que procurado pelo site A GAZETA, disse não estar autorizado a dar entrevistas.

Em meio à emergência constatada pelas equipes de saúde, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) visitou a TI, em Roraima, e o Ministério da Saúde declarou emergência em Saúde Pública de Importância Nacional e Estado de Calamidade Pública.

A assessoria da Sesacre ainda não informou a quantidade de profissionais acreanos envolvidos na missão.

A Gazeta do Acre

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS