2 fevereiro 2023 12:22
2 fevereiro 2023 12:22

Mãe que matou bebê continua presa e marido diz que mulher já teria tido outros surtos

Bebê tinha muitos hematomas pelo corpo

Por Midiamax Uol

- Publicidade -

A mãe da bebê de 2 meses, morta ao ser arremessada contra o asfalto, em uma cidade de Mato Grosso do Sul, no dia 1º de dezembro de 2022, continua presa na delegacia. A bebê tinha vários hematomas pelo corpo, o que levantou suspeitas sobre a queda acidental.

O pai da bebê prestou depoimento na delegacia e contou em prantos que a esposa teria jogado a criança no chão a segurando pelas pernas. Ele demonstrou na delegacia como o fato ocorreu. O homem ainda relatou que a mulher tem surtos psicóticos e que ‘do nada’ ela surta.

Ainda segundo o marido, antes da morte da bebê, a mulher já teria deixado a criança cair no sofá, mas não teria acontecido nada com a bebê. Ele ainda teria insistido para que a esposa amamentasse a filha, mas ela negava e ficava falando coisas estranhas, segundo o marido.

Quando ele abriu o portão para o sogro entrar na casa, a mulher saiu correndo com a bebê e neste momento saíram correndo atrás dela, e ao alcançá-la, a mulher segurou a bebê pelas pernas a jogando no chão. A criança chegou a ser socorrida, mas acabou morrendo mesmo com as tentativas de reanimação.

A mãe da bebê foi socorrida após desmaiar, mas logo foi liberada e segundo os médicos que atenderam a mulher, ela estaria bem e fingindo o desmaio. Segundo informações da Polícia Civil, a mulher já teria tido outros surtos e não se sabe se ela poderia estar sofrendo de depressão pós-parto.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS