31 janeiro 2023 11:25
31 janeiro 2023 11:25

Jovem se despede da irmã um mês após acompanhar luta pela vida: ‘você é um pedaço de mim’

Familiares estão recebendo inúmeras mensagens de apoio em despedida a Karen

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Familiares estão impactados com a morte de Karen Thairyne da Silva, de 19 anos, que passou um mês lutando para sobreviver, mas não resistiu e entra para estatística de vítima de acidente de trânsito em Campo Grande.

Mãe, irmãs, amigos e parentes trocaram suas fotos no Facebook por luto e receberam muitas mensagens de força e apoio neste momento de dor.

“Você é um pedaço em mim”, escreveu uma das irmãs de Karen, ao se despedir. “Meu sentimentos, meu bem, que dor. Fiquei muito triste”, disse uma amiga em consolo.

“Meu Deus, dá consolo senhor Jesus Cristo para cada um, [ainda] mais para minha irmã, Pai”, escreveu o tio da menina em um comentário.

“Descansa em paz minha vasa. Brilha ao lado do papai do céu agora”, publicou a prima da vítima.

“Meus sentimentos muito triste, mas Deus está no controle de tudo”, consolou outra amiga da família.

Acidente

Karen Thairyne morreu na madrugada desta sexta-feira (20), um mês após sofrer acidente em cruzamento com semáforo intermitente no bairro São Jorge da Lagoa em Campo Grande. A jovem estava internada na Santa Casa desde o dia 19 de dezembro e não resistiu.

A jovem e o marido Felipe seguiam em sua motocicleta quando sofreram o acidente envolvendo um veículo de passeio, um Toyota Corolla, no cruzamento da Avenida Dr. Nasri Siufi com a rua Rio Brilhante.

Segundo apurado pela reportagem naquele dia, o Corolla seguia pela Nasri Siufi no sentido bairro ao centro, enquanto o casal trafegava pela rua no sentido do bairro Caiobá para o Serra Azul. Porém, no cruzamento, houve o impacto.

Na oportunidade, foi perceptível que o semáforo estava intermitente e com o acidente, as vítimas que estavam na motocicleta, foram projetadas para o muro de uma residência, causando danos materiais e deixando o casal em estado grave com múltiplas fraturas.

O marido da jovem, Felipe da Silva Ramalho, de 21 anos, também envolvido nesse grave acidente, morreu uma semana após o acidente.

Topmídia News

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS