1 fevereiro 2023 10:51
1 fevereiro 2023 10:51

Irã prende jogadores de futebol por participação em festa e libera jornalista

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

As autoridades iranianas prenderam, no sábado (31), vários jogadores de futebol que participavam de uma festa mista no leste da capital do país, informou a imprensa local neste domingo (1º).

Jogadores de futebol, assim como ex-jogadores, de um dos principais clubes de futebol de Teerã, foram detidos ontem à noite [sábado] em uma festa mista na cidade de Damavand“, disse a agência de notícias Tasnim, sem dar detalhes sobre a identidade dos jogadores nem sobre o clube.

Alguns destes jogadores não estavam em um estado normal depois de terem consumido álcool“, acrescentou a mesma fonte.

O consumo e a venda de bebida alcoólica são proibidos por lei no país.

Jornalista e ativista

O ativista e jornalista iraniano Keyvan Samimi, detido desde dezembro de 2020, foi libertado – anunciou o jornal reformista Shargh neste domingo (1º), sem especificar a data da soltura.

Samimi, de 73 anos, foi condenado a três anos de prisão por “conspirar contra a segurança nacional”.

Ele estava preso no presídio de Semnan, localizado a mais de 200 quilômetros a leste da capital do país, Teerã, acrescentou o veículo.

O jornalista havia sido autorizado a voltar para casa por motivos de saúde em fevereiro de 2022. Voltou a ser preso em maio, após ser acusado de atividades contra a segurança nacional durante sua liberdade provisória, informou a agência de notícias Mehr.

Da prisão, Samimi publicou, em dezembro, uma mensagem de apoio ao movimento de protestos que abala o Irã, desde a morte em 16 de setembro da jovem curdo-iraniana Mahsa Amini, de 22 anos, presa pela polícia da moralidade por mau uso do véu islâmico.

Samimi foi preso várias vezes após a Revolução Islâmica de 1979.

Fonte: RFI

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS