2 fevereiro 2023 12:50
2 fevereiro 2023 12:50

Investigador do Acre preso com 57kg de cocaína já teria feito outras entregas no sul do país

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O investigador da Polícia Civil do Acre, Renato Cavalcante de Figueiredo, decidiu trocar de lado e ao invés de dá “voz de prisão” acabou preso. A prisão ocorreu nas proximidades de Ji-Paraná/RO, na manhã desta terça-feira, durante abordagem de rotina da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

No ato da abordagem Renato Figueiredo estava na companhia do amigo dele, Alexandre Braga Trindade e, revelou em entrevista aos policiais rodoviários que seguiam para município de Curitiba no estado do Paraná.

Conforme o apurado, Renato, acabou denunciado pelo nervosismo no ato da abordagem. Com o objetivo de atenuar o crime, na delegacia da Polícia Federal para onde foi conduzido, o investigador teria alegado que estaria sendo pressionado por uma organização criminosa, mas não convenceu aos policiais e acabou flagranteado.

O Ecos da notícia, apurou que Renato Cavalcante estaria fazendo a terceira viagem transportando drogas para o Sudeste do país. O investigador teria entrado no “negócio sujo” a partir das constantes viagens que fazia para a região de fronteira, usando os próprios carros oficiais. Com a venda de drogas ele, teria ampliado sua frota de carros de forma incompatível com seus vencimentos.

Renato tem quase 22 de Polícia Judiciária no Acre, tendo exercido as funções de escrivão adhoc do Grupo Antiassalto da Polícia Civil – Gapc, foi motorista do delegado geral da Polícia Civil e do secretário de Segurança Pública. Nos últimos anos ocupou a função de chefe da divisão de matérias da Polícia Civil, onde tinha carro público para se deslocar por todo Estado, cargo que ocupou até o final do ano passado.

Além da droga, foi apreendido uma quantia em espécie na carteira de Renato, além de cartões e documentos pessoais, dois telefones celulares, seis relógios, uma pistola PT840 cal.40 do Estado e o brasão da instituição de nº SHP37978 e 1 carregador com 15 munições.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS