31 janeiro 2023 11:21
31 janeiro 2023 11:21

Haddad citará Guedes para rebater especulação sobre “moeda única”

Fernando Haddad quer lembrar declarações de seu antecessor, Paulo Guedes, sobre possibilidade de "moeda única" entre Brasil e Argentina

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Buenos Aires — O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, já tem pronta sua estratégia para rebater a especulação de bolsonaristas de que o Brasil pretende criar uma “moeda única” com a Argentina.

Segundo apurou a coluna, em suas falas durante a viagem a Buenos Aires, Haddad pretende lembrar que quem defendia uma “moeda única” era o ex-ministro da Fazenda do governo Bolsonaro, Paulo Guedes.

Haddad deve lembrar que Guedes defendeu a criação da moeda única entre Brasil e Argentina em diversas entrevistas ao longo dos quatro anos do governo Bolsonaro, inclusive, no Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça.

O Brasil, dirá Haddad, discute com os argentinos a criação de uma “moeda comum” para transações comerciais, a qual o chefe da equipe econômica de Lula definirá como “unidade comum de troca”.

Haddad pretende, inclusive, pedir para incluir no memorando que deve assinar com o ministro da Economia argentino, Sergio Massa, um trecho deixando explícito que a intenção dos dois países não é criar uma “moeda única”.

Os ministros do Brasil e da Argentina se reunirão nesta segunda-feira (23/1), em Buenos Aires. Os encontros fazem parte da programação da viagem oficial de Lula à Argentina.

Metrópoles

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS