31 janeiro 2023 11:42
31 janeiro 2023 11:42

Governo do Acre acompanha situação de brasileiros retidos em crise política no Peru

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Desde a destituição de Pedro Castillo do cargo de presidente, em dezembro do ano passado, o Peru vem enfrentando uma grave crise política, que se intensificou nos últimos dias.

Em várias cidades, a população tem realizado manifestações violentas. Muitas rodovias estão bloqueadas, entre elas a Estrada do Pacífico, que liga o país ao Brasil. Por conta dos protestos, um grupo de 37 brasileiros, incluindo acreanos, ficou impedido de regressar ao país.

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) tem acompanhado a situação de perto e adotado medidas para assegurar a repatriação. Nesta sexta-feira, 13, o gestor da pasta, José Américo Gaia, esteve reunido com o governador Gladson Cameli, em Rio Branco, para tratar sobre o assunto.

O chefe do Poder Executivo está sensibilizado com as dificuldades enfrentadas pelo grupo e afirmou estar empenhado para que o resgate dos brasileiros seja efetivado. “O governo do Acre tem feito tudo que pode para que essas pessoas retornem ao país com total segurança. Além disso, já pedimos o apoio do governo federal, por meio do Itamaraty”, explicou Cameli.

De acordo com Gaia, o grupo conseguiu deixar a cidade de Porto Maldonado, sob escolta da polícia peruana, e está em direção à fronteira. “A última informação é que eles já estavam próximos da região de Ibéria. Seguiremos acompanhando todos os trâmites até que todos estejam em território brasileiro”, enfatizou.

Fonte: Agência do Acre

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS