31 janeiro 2023 11:22
31 janeiro 2023 11:22

Gefron apreende mais de 100 quilos de cocaína e skunk e prende dois indivíduos na BR-317

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Maior apreensão dos últimos meses foi feita na madrugada deste domingo, 22, próximo de Epitaciolândia

Pelo menos 101 quilos de cocaína e skunk foram aprendidos pelo Grupo Especial de Operações em Fronteira, o Gefron, da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), na madrugada deste domingo, 22, numa barreira na BR-317, próxima a Epitaciolândia, distante 240 quilômetros de Rio Branco, na fronteira com a cidade boliviana de Cobija. Dois indivíduos foram presos.

É a maior apreensão dos últimos meses em uma só operação, segundo o delegado de Polícia Civil Rêmulo Diniz, membro da força especial.

“Além da grande quantidade, causa surpresa a forma como a droga estava acondicionada: em mochilas que podem facilmente ser transportadas nas costas. Isso nos mostra que os traficantes fazem caminhadas, saindo das rotas para tentar desviar pontos de fiscalização, sejam nos países vizinhos, ou aqui mesmo no Brasil”, observa o agente de Segurança.

Após ser dada ordem de parada, os indivíduos empreenderam fuga, mas foram seguidos pelos policiais do Gefron e interceptados depois que saíram da estrada, numa tentativa de fuga a pé pela margem da rodovia.

Mesmo assim, eles foram presos numa área de campo e conduzidos para a Delegacia de Polícia Federal de Epitaciolândia. Enquanto um já tinha passagem pela Justiça por tráfico de drogas, o outro já respondeu por homicídio.

“Trata-se de um grande êxito para a sociedade e para a Sejusp, uma vez que as forças de segurança não param nem mesmo nos feriados para garantir a paz e a tranquilidade para a nossa sociedade”, frisou Diniz.

Somente do dia 1° de janeiro deste ano até este domingo, mais de 170 quilos de entorpecentes foram apreendidos pelos homens e mulheres do Gefron. A força de elite é composta por integrantes da Polícia Civil, Polícia Penal, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.

A vigilância em fronteira faz parte da Operação Hórus do Governo Federal e seu programa Guardiões da Fronteira. Em 2022, o Grupo especial apreendeu mais de 740 quilos de entorpecentes no estado.

O Alto Acre

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS