31 janeiro 2023 11:24
31 janeiro 2023 11:24

Galo usa todos reforços e vence Caldense em dia em que o VAR trabalha no Horto

Na abertura do Estadual, Galo derrota a Veterana em jogo com gols de pênalti de Hulk, em lances confirmados pelo VAR, e em tarde com penal defendido por Everson

Por O Tempo

- Publicidade -

De volta ao Independência como mandante depois de oito meses, o Atlético estreou no Campeonato Mineiro de 2023 neste sábado (21), com o pé direito e venceu a Caldense por 2 a 1, com gols de Hulk, ambos de pênalti, confirmados após a intervenção do VAR. A partida, que marcou a estreia do treinador Eduardo Coudet e de todos os seis reforços que chegaram para a temporada (Paulo Henrique, Bruno Fuchs, Edenílson, Paulinho, Igor Gomes e Patrick), teve também Everson como destaque. No segundo tempo, o goleiro alvinegro defendeu um pênalti cobrado por Geovane Itinga. Patrick fez o gol da Caldense.

Como era de se esperar, o Atlético começou o jogo com mais volume de jogo e buscando o gol desde o início da partida. Com uma boa movimentação de Pedrinho e Paulinho e a aproximação dos laterais Paulo Henrique e Dodô, o Galo tomou conta dos primeiros minutos de jogo. O time, mais veloz do que aquele que fechou o ano de 2022, ocupava bem os espaços e teve chances com Hulk e Paulinho até os 22 minutos, quando o VAR chamou o árbitro André Luiz Bento para conferir a falta, por trás, de João Vitor em Allan, na linha da grande área. Pênalti, que Hulk converteu aos 25 minutos.

A expectativa era que o Galo tomasse conta do jogo de vez, mas quem cresceu no jogo foi a Caldense, que forçou Everson a fazer sua primeira defesa aos 27 minutos. Aos 31, em cobrança de falta da esquerda, Patrick subiu mais alto e empatou o jogo, de cabeça. O gol animou a Caldense, que ainda criou mais oportunidades no final da primeira etapa.

No segundo tempo, Coudet colocou o Galo ainda mais ofensivo, com as entradas dos únicos reforços que não começaram jogando, Patrick e Igor Gomes, que ocuparam os lugares de Calebe e Paulo Henrique. E o time manteve o ritmo, pressionando o tempo todo e criando chances – em uma delas, Hulk desperdiçou uma chance incrível, debaixo do gol. O Atlético continuou criando chances até os 23 minutos, quando o VAR apontou um puxão de Fabrício em Bruno Fuchs na área. Pênalti, que Hulk converteu aos 26 minutos

Quando a torcida, que encheu o estádio, imaginava que teria tranquilidade, com a vantagem no placar e o domínio do jogo, Everson cometeu pênalti em Aruá, aos 30 minutos. Dois minutos depois, Geovane Itinga cobrou e o goleiro atleticano defendeu no canto esquerdo. Depois desse lance, o Galo usou a experiência para administrar o jogo e confirmar a vitória e os três pontos em um jogo acirrado.

Ficha técnica:

Atlético 2 x 1 Caldense

Motivo: 1ª rodada do Campeonato Mineiro 2023

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: André Luiz Bento

Auxiliares: Magno Arantes Lira e Samuel Henrique Soares Silva

VAR: Igor Junio Benevenuto

Gols: Hulk (A), aos 25, e Patrick (C ), aos 31 minutos do primeiro tempo. Hulk (A), aos 26 minutos do segundo tempo.

Público: 22.030

Cartões amarelos: Jemerson, Patrick, Allan (A), Mayko Félix, João Vitor, Erivelton, Patrick Marcelino (C )

Cartão vermelho: Kayo (C)

Atlético: Everson; Paulo Henrique (Patrick), Jemerson (Nathan Silva), Bruno Fuchs e Dodô; Allan, Calebe (Igor Gomes), Edenílson e Pedrinho (Hyoran); Paulinho (Otávio) e Hulk. Técnico: Eduardo Coudet.

Caldense: Elisson, João Vitor, Patrick Marcelino, Suéliton e Alyson Neves; Aruá (Bruninho) e Fabrício Costa; Aslen (Brown), Erivelton (Kayo) e Erick Salles (Daniel Gonçalves); Mayco Félix (Geovane Itinga). Técnico: Gian Rodrigues

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS