27 janeiro 2023 12:43
27 janeiro 2023 12:43

Forças de Segurança apreendem quase 70 quilos de cocaína e skunk na BR-317

Um homem de 34 anos tentou furar bloqueio do Gefron e das polícias Civil e Federal, entre os municípios de Epitaciolândia e Xapuri, neste domingo

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Pelo menos 61,875 quilos de cocaína e skunk foram aprendidos numa operação conjunta das polícias, no km 16 da BR-317, entre os municípios de Epitaciolândia e Xapuri, na região do Vale do Alto Acre, na manhã deste domingo, 8.

Quem transportava a droga era um homem de 34 anos. Os entorpecentes estavam embalados em forma de tabletes e acondicionada no porta-malas de um veículo Gol.

De acordo com a porta-voz do Grupo Especial de Operações em Fronteira (Gefron), participavam da blitz uma equipe da Polícia Civil, da Polícia Federal e do próprio Gefron.

“O suspeito parou, mas não aguardou a guarnição se aproximar, seguindo viagem. Com a saída do local, uma equipe fez o acompanhamento tático e mais à frente parou o carro. A revista no veículo verificou que a droga estava no porta-malas”, explicou a integrante do Gefron.

A droga tinha Rio Branco como destino e o motorista foi conduzido para a Superintendência da Polícia Federal no município de Epitaciolândia, a 240 quilômetros da capital acreana, onde foi indiciado por tráfico de drogas. Posteriormente, ele será transferido para a unidade prisional Francisco de Oliveira Conde, em Rio Branco, para aguardar julgamento.

No último dia 3, o Gerfron divulgou balanço revelando que mais de 740 quilos de entorpecentes foram apreendidos no Acre em 2022, entre cloridato de cocaína, pasta base da mesma droga, e o skunk, também conhecida como supermaconha, e que após a pandemia de Covid-19 passou a ser produzida em larga escala na selva amazônica peruana.

Fonte: Asscom/Sejusp

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS