26 janeiro 2023 4:43
26 janeiro 2023 4:43

Em noite de homenagens a Dinamite, Vasco empata na estreia do Carioca

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A estreia do Vasco no Campeonato Carioca de 2023 foi marcada pelas homenagens a Roberto Dinamite. O duelo diante do Madureira foi o primeiro jogo após a morte do maior ídolo do clube cruz-maltino. Utilizando uma equipe formada por jogadores reservas, o Vasco empatou em 0 a 0 com o Tricolor Suburbano, em São Januário.

Titulares estão nos Estados Unidos

O Vasco utilizou os jogadores reservas na estreia do Carioca já que o elenco principal segue a pré-temporada nos Estados Unidos. Os titulares viajaram para a América do Norte nessa sexta-feira (13), para a disputa da Florida Cup. Por lá o Cruz-Maltino vai enfrentar o River Plate, da Argentina, e o Inter de Miami, dos Estados Unidos. A tendência é que os titulares do Vasco joguem o Estadual a partir da 4ª rodada. Até lá, nos duelos com Audax e Botafogo, os reservas serão utilizados novamente.

Lances importantes

Na trave! – Aos 9 minutos do primeiro tempo o Vasco chegou com perigo, em finalização de Juninho, que acertou a trave.

Para fora – Aos 32 minutos do primeiro tempo o atacante Zé Santos subiu sozinho, mas errou a cabeçada e mandou a bola para fora.

Que defesa – Mais uma vez Zé Santos tenta de cabeça, mas o atacante do Vasco parou na bela defesa do goleiro Dida, aos 4 do segundo tempo.

Fez fila – O zagueiro Lyncon fez fila na defesa do Madureira e quase marcou um golaço, aos 40 minutos do segundo tempo. Mas a finalização foi fraca facilitou para o goleiro.

FICHA TÉCNICA

VASCO 0 X 0 MADUREIRA

Motivo: 1ª rodada do Campeonato Carioca
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data e horário: 14 de janeiro de 2023, às 18h (de Brasília)
Árbitro: Rafael Martins de Sá (RJ)
Auxiliares: Thiago Rosa de Oliveira Esposito e Rafael Sepeda de Souza (ambos RJ)
Cartões amarelos: Paulo Victor e Rodrigo (VAS); Guilherme Augusto e Henrique (MAD)

VASCO: Halls; Rodrigo, Pimentel (Lyncon), Zé Vitor e Paulo Victor (Juan); Matheus Barbosa, Galarza e Juninho (Lucas Eduardo); Paixão (Marlon Santos), Erick (Julião) e Zé Santos. Técnico: Emílio Faro.

MADUREIRA: Dida, Rhuan (Oliveira), Cavallini, Wagner (Bruno Cosendey) e Bryan; Banguelê, Matheus Lira, e Henrique (Arthur Martins) e Pablo Pardal (Thiaguinho); Guilherme Augusto (Gustavo Coutinho) e Luiz Paulo. Técnico: Felipe Arantes.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS