5 fevereiro 2023 7:12
5 fevereiro 2023 7:12

Colégio Militar Dom Pedro 2° forma 280 estudantes: Cerimônia foi emocionante e teve até banho de mangueira

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Foi uma despedida com gosto de vitória e a certeza da saudade, nesta sexta-feira, 20, no feriado do Dia dos Católicos. Olhos marejados de crianças e adolescentes de um lado, lágrimas de emoção de outro no rosto de educadores, praças e oficiais do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre (CBMAC), no que foi a primeira cerimônia de colação de grau do Colégio Militar Dom Pedro 2º, desde a sua fundação na primeira gestão do governador Gladson Cameli. A instituição é administrada pelos Bombeiros com o apoio da Secretaria de Estado de Educação e Esporte do Acre.

Pelo menos 280 estudantes dos ensinos fundamental e médio concluíram a formação, cuja celebração se deu no pátio do quartel-geral do CBMAC, na estrada da Invernada. Eles são 150 que terminaram o 3º ano do ensino médio e estarão aptos a fazer o Enem para ingressar numa faculdade, e outros 130 concluíram o 9º ano do fundamental 2, entrando em 2023 no ensino médio.

Enfileirados, os jovens entonaram o Hino Nacional (Foto: Diego Gurgel)

A celebração começou com o desfile dos estudantes entoando, com a Banda de Música da Polícia Miliar a canção Fibras de Heróis, seguido da incorporação do Pavilhão Nacional pelo estudante João Batista da Silva.

Em seguida, o tenente-coronel Valdemar Fernandes de Souza, comandante do Colégio Dom Pedro 2º, fez uma breve mensagem de agradecimento aos presentes e uma prece a Deus em agradecimento. Desse ponto em diante, uma série de homenagens a professores, homens e mulheres voluntários em serviços em favor do colégio e aos melhores estudantes da escola foi realizada.

Emocionados, jovens comemoram a formatura (Foto: Diego Gurgel)

Nas palavras do comandante-geral do Corpo de Bombeiros do Estado do Acre, coronel Charles da Silva Santos, a missão de formar jovens em retidão de princípios e com responsabilidade é o principal objetivo. Após a entrega simbólica dos certificados, os oficiais e praças dos Bombeiros com os estudantes do colégio fizeram o tradicional exercício de flexões no solo. Depois, uma ducha d’água pelo caminhão-pipa da corporação marcou o encerramento da celebração.

O tradicional banheiro de mangueira não poderia faltar (Foto: Diego Gurgel)
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS