1 fevereiro 2023 2:16
1 fevereiro 2023 2:16

Bilionário inglês entra na briga para comprar o Manchester United

Jim Ratcliffe, dono de uma empresa petroquímica, já havia tentado adquirir o Chelsea no ano passado

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O bilionário britânico Jim Ratcliffe, dono da empresa petroquímica INEOS, entrou oficialmente na briga para comprar o Manchester United. A participação no processo de venda do tradicional clube inglês foi confirmada nesta terça-feira (17).

“Nós nos colocamos formalmente no processo”, disse a empresa em comunicado enviado à agência de notícias Associated Press.

A INEOS tem grandes investimentos em outras modalidades esportivas. Além de ser a principal parceira da Mercedes, octacampeã da Fórmula 1, tem uma equipe de ciclismo de estrada, a INEOS Grenadiers, adquirida em 2019. Também firmou uma parceria com a seleção de rúgbi da Nova Zelândia, conhecida como All Blacks.

Ratcliffe é torcedor do Manchester United e já vinha sendo apontado como um possível comprador do clube, mas chegou a negar o interesse. O assunto só começou a ser tratado de maneira mais transparente depois que a própria família Glazer, atual dona do United, anunciou que estava aberta a vender o time, em um comunicado emitido em dezembro do ano passado.

“Nós vamos avaliar todas as opções para garantir que sirvamos da melhor forma nossos torcedores e que o Manchester United maximize as oportunidades de crescimento para o clube hoje e no futuro”, comunicou a família na ocasião.

“Como parte do processo, a diretoria vai considerar todas as alternativas de estratégia, incluindo novos investimentos, uma venda ou outras transações que envolvam a companhia.”

Meses atrás, Ratcliffe também esteve na briga para comprar o Chelsea, quando o clube londrino foi posto à venda por Roman Abramovich. A aquisição, contudo, foi efetuada por um consórcio liderado pelo empresário americano Todd Boehly.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS