31 janeiro 2023 11:16
31 janeiro 2023 11:16

Árvore cai na Lagoa do Taquaral, atinge três pessoas e mata criança

Corpo de Bombeiros, Samu, Defesa Civil e Guarda Municipal foram até o local para fazer o atendimento da ocorrência. Parque foi interditado.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Uma criança morreu atingida por uma árvore de grande porte na Lagoa do Taquaral, principal ponto de lazer e turismo de Campinas (SP), na manhã desta terça-feira (24). Outras duas pessoas foram atingidas.

O Corpo de Bombeiros, Serviço Municipal de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Defesa Civil e a Guarda Municipal foram até o local para atender a ocorrência. O parque foi fechado e os visitantes retirados do local.

De acordo com o Samu, a árvore caiu em cima de uma mulher, um homem e uma criança. Ainda segundo o órgão, a criança tinha “aproximadamente cinco anos”. As vítimas foram encaminhadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Anchieta. A mulher está em estado grave.

Árvore caiu na Lagoa do Taquaral e matou uma pessoa em Campinas — Foto: Reprodução/EPTV

O acidente aconteceu próximo à lagoa dos pedalinhos. A árvore, que fica ao lado da pista de caminhada, despencou e ficou atravessada.

A queda da árvore assustou muito as pessoas que estavam no local realizando atividades físicas. De acordo com apuração no local, equipes do Samu e dos bombeiros chegaram a fazer massagem cardíaca em uma das vítimas atingidas.

Os pais da criança não foram atingidos pela árvore, mas ficaram em estado de choque e também precisaram ser atendidos.

‘Evitar circular em áreas com muitas árvores’

Em nota, a Prefeitura de Campinas afirmou que se solidariza com a família das vítimas e se colocou à disposição para prestar todo o auxílio necessário. O governo municipal determinou o imediato fechamento de todos os parques da cidade.

Além disso, o prefeito Dário Saadi (Republicanos) pede à população que “evite circular em áreas com muitas árvores” por conta do risco de queda.

“Por causa das chuvas constantes desde dezembro, a situação em várias partes da cidade é de solo encharcado, o que aumenta o risco de quedas de árvores”, diz o texto da administração.

Chuvas castigaram a cidade

Campinas vive uma situação de destruição por conta dos fortes temporais da última semana, especialmente na quinta-feira, quando choveu 125 milímetros – a terceira maior precipitação da história da cidade.

A Defesa Civil registrou a queda de pelo menos 200 árvores, pontes caíram e famílias ficaram desabrigadas. O governo municipal chegou a decretar emergência.

A Pedreira do Chapadão, outro espaço de lazer do município, foi interditada na segunda-feira por conta do risco de desmoronamento de pedras provocadas pela chuva.

Com informações g1

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS