1 fevereiro 2023 1:54
1 fevereiro 2023 1:54

Após dois anos de ausência devido a Covid, Xapuri voltará a ter a procissão de São Sebastião

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A movimentação em Xapuri ainda é tímida a uma semana do ponto alto da Festa de São Sebastião, que no próximo dia 20 de janeiro completa 121 anos de história. Mas os primeiros marreteiros, comerciantes ambulantes que são uma das marcas simbólicas da festividade, já estão se instalando na cidade.

O novenário, sequência de nove celebrações que antecedem o dia do padroeiro, começou na última quarta-feira (11). A primeira delas ocorreu na praça de São Sebastião, na margem do Rio Acre, no centro de Xapuri. As demais estão acontecendo, como de costume, na igreja matriz, com grande participação de fiéis.

Neste ano, a grande expectativa é pelo retorno, depois de dois anos, do momento mais forte e representativo da Festa de São Sebastião em Xapuri, que a procissão pelas ruas da cidade. Em 2021 e 2022, a caminhada dos devotos seguindo a imagem do padroeiro não aconteceu por conta da pandemia.

Nesses últimos dois anos, a procissão foi substituída por carreatas, o que alterou bastante a dinâmica da festa e até mesmo a presença de pessoas na cidade, uma vez que muitos fiéis têm nesse momento a maior razão para se deslocar à cidade, além do intuito de pagar promessas e reafirmar a fé no santo católico.

Por Raimari Cardoso/AC 24 Horas
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS