24 janeiro 2023 1:34
24 janeiro 2023 1:34

Adolescente tem língua cortada por membros de facção

Eles falaram para ela escolher entre sua vida ou a língua

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Uma adolescente de 15 anos foi alvo de tortura ontem (12) ao ter sua língua cortada por membros da facção criminosa Comando Vermelho. O crime aconteceu na casa da vítima, no Bairro Jardim Bela Vista, em Tangará da Serra (250 km de Cuiabá).

Segundo o boletim de ocorrência, cinco homens invadiram a casa da vítima e perguntaram sobre o namorado dela, que seria da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

A adolescente disse que não sabia nada sobre o namorado. Os suspeitos, então, fizeram uma ligação e, em seguida, disseram para a garota escolher entre sua vida ou sua língua.

Depois disso, os suspeitos cortaram um pedaço da língua da adolescente. Eles também levaram o celular dela.

A mãe da vítima disse que dois homens ficaram dentro do carro, um Gol branco, e três entraram na casa – um deles armado. Os acusados não estavam com o rosto cobertos.

A Polícia Civil já havia recebido a informação de que um homicídio seria cometido ontem, em Tangará da Serra, pela facção Comando Vermelho. Por isso, alguns suspeitos estavam sendo monitorados.

Um deles, foi identificado pela vítima e pela mãe – por foto -como um dos executores do crime.

No mesmo dia, quatro suspeitos foram presos acusados de participação do crime. O caso foi registrado como tortura, a fim de obter informação, declaração ou confissão da vítima ou de terceira pessoa.

O Livre

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS