31 janeiro 2023 11:30
31 janeiro 2023 11:30

Acusado de matar o próprio irmão a tiros por conta de herança em comunidade rural continua foragido

Por Ricardo Amaral - Ecos da Notícia

- Publicidade -

Um homem identificado pelo nome de Dângelo Costa de Souza, é o principal suspeito de ter assassinado o próprio irmão, Denilson Costa de Souza, na manhã desta terça-feira (17) na comunidade Piedade, situada às margens do Rio Purus, próximo a Sena Madureira.

Após alvejar o irmão a queima-roupa com dois tiros de espingarda, Dângelo se evadiu por uma área de mata e até o momento não foi capturado. A comunidade em que o crime ocorreu fica localizada no perímetro do Estado do Amazonas, pertencente a Boca do Acre, porém, devido a gravidade e a proximidade com Sena Madureira, o caso está sendo acompanhado de perto pela polícia militar e civil do município.

Ainda na noite de ontem (17), policiais civis e militares prenderam dois suspeitos, mas eles foram liberados na manhã desta quarta-feira (18) após prestar depoimento na delegacia, eles não foram os autores, mas viram o momento em que o colono foi assassinado.

A confusão tem como principal motivo uma herança deixada pelos pais dos envolvidos, há vários anos eles vinham se desentendendo por conta da área de terra, segundo pessoas próximas, a briga pelos bens envolve outros irmãos, e promete não parar com o acontecimento trágico.

Denilson Costa de Souza, morto com dois tiros de espingarda pelo próprio irmão.
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS