31 janeiro 2023 11:58
31 janeiro 2023 11:58

Acre registra aumento de 18% no número de mortes no trânsito

Números não incluem vias de competência federal. Batalhão de trânsito diz que imprudência ainda é a principal causa dos acidentes.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Na manhã do dia 10 de dezembro do ano passado, o jovem Abimael de Amorim Brito, de 21 anos, conduzia uma motocicleta entre a Rua José Galdino e Avenida Getúlio Vargas, em Rio Branco, quando colidiu contra uma caminhonete e morreu no local.

No interior, em Manuel Urbano, um homem morreu e outro ficou em estado grave em acidente envolvendo uma motocicleta em um carro no dia 29 de outubro. Pedro Kenedy Leite de Melo, de 19 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu quando recebia os primeiros atendimentos na unidade de saúde do município. Luan Silva de Lima, 18 anos, que também estava na motocicleta, ficou em estado grave.

Esses são exemplos de casos trágicos do trânsito do Acre em 2022. Um balanço da Assessoria de Análise Criminal da Polícia Militar revelou que 52 pessoas morreram no trânsito em todo o estado em 2022. O número representa um aumento de 18% em relação a 2021, quando teve 44 vítimas fatais no trânsito.

A capital Acreana registrou 23 mortes, cerca de 44% do total em todo o estado. Porém, em relação a 2021, Rio Branco teve 3 mortes a menos, com 26 vítimas fatais naquele ano, de acordo com o Batalhão de Policiamento (BP Trans) da PM-AC.

Fonte: G1 Acre

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS