1 fevereiro 2023 12:57
1 fevereiro 2023 12:57

Prisão de ex-lutador acusado de tráfico humano é estendida em 30 dias

O influenciador e ex-lutador Andrew Tate é suspeito de estupro e tráfico humano. Justiça da Romênia estendeu a prisão por 30 dias

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A Justiça da Romênia estendeu a prisão do ex-lutador e influenciador digital britânico-americano Andrew Tate, acusado de tráfico humano, por 30 dias. Ele deve ficar detido por mais um mês.

Andrew e o irmão, Tristan Tate, foram presos com outras duas pessoas por suspeita de tráfico humano, estupro e criação de facção de crime organizado. As autoridades romenas cumpriram mandado de prisão por 24h, e a promotoria recorreu à Justiça para que o período fosse estendido.

Segundo promotores da unidade anti-crime organizado da Romênia, os irmãos Tate estavam sob investigação criminal desde abril deste ano.

O advogado Eugen Constantin Vidineac acredita que não tem fundamento “tomar essa medida preventiva drástica, mas é uma prerrogativa do juiz”.

Metrópoles
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS