26 janeiro 2023 9:12
26 janeiro 2023 9:12

No Acre, comerciante guarda autógrafo concedido pelo Rei Pelé há mais de 20 anos

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O Brasil e o mundo choram a morte do maior ídolo do futebol, Edson Arantes do Nascimento, mas conhecido como Pelé ou Rei do Futebol, de 82 anos. A morte foi ocasionada pela falência múltipla dos órgãos. Milhares de personalidades do esporte e chefes de Estados lamentam a perda do eterno craque e relembra momentos ao lado do Rei.

Em Cruzeiro do Sul, segunda maior cidade do Estado do Acre, o comerciante Gilberto Araújo, proprietário da Casa Iracema, guarda uma relíquia ganha das mãos do maior goleador da história do futebol e único tricampeão do mundo. No dia 28 de abril de 1993, na Feira Esportiva do Anhembi, em São Paulo, Pelé autografou um cartão do comerciante. O documento plastificado está guardado na sua carteira durante esse período de 29 anos.

“Eu gosto muito de futebol, inclusive, já joguei profissionalmente no futebol acreano. Aí, eu estava em São Paulo, na feira do Anhembi. Lá encontrei o Pelé, o Zico também estava presente. Nesse dia, ele autografou o nome dele no verso do cartão da minha loja [Casa Iracema]. Eu guardo essa recordação até hoje”, conta Gilberto.

Segundo Gilberto, durante o dia 28 de 1993, estava na feira e a noite foi ver o jogo das quartas de finais da Libertadores, entre o seu time do coração, o Flamengo, e o São Paulo. O tricolor venceu por dois a zero, e ainda foi campeão da competição. “Mesmo sendo flamenguista, nem fiz questão de pegar autógrafo do Zico, mas do Pelé, sim”, afirma.

Gilberto Araújo chegou a jogar pelo Independência, time da primeira divisão do futebol acreano, na cidade de Rio Branco, capital do Acre.

Contilnet

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS