26 janeiro 2023 5:27
26 janeiro 2023 5:27

Liberação de entrada com bebidas no réveillon de Cruzeiro do Sul revolta comerciantes

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Em Cruzeiro do Sul, 40 pessoas que pagaram taxa de R$ 300 e investiram na compra de bebidas para revender no réveillon da Arena do Juruá estão revoltadas e temem prejuízo.

A organização do evento liberou a entrada de pessoas com bebidas em lata no local, sendo que a única restrição é com relação a garrafas de vidro. Nos camarotes poderão ser vendidas bebidas em garrafas de vidro.

O comerciante Samuel Souza diz que durante reunião na Associação Comercial, na última segunda-feira, 26, essa liberação não foi informada. O grupo diz que só tomou conhecimento do fato pela imprensa nesta quinta-feira, 29.

Relata que pagou por duas tendas e investiu R$ 15 mil na compra de bebidas, água, refrigerante e outros itens. Agora acredita que terá um grande prejuízo já que as pessoas deverão levar bebidas de casa.

“Aluguei um caminhão frigorífico no valor de R $500 mais gelo, embalagens para cerveja suja, contratei 6 pessoas para trabalhar. Tenho aqui 280 caixas de cerveja pra vender”, relata, preocupado.

Outros comerciantes, como Iraldo Lima e Geovane Maciel de Souza, falam em prejuízos ainda maiores. Geovane diz que investiu cerca de R$ 30 mil para o réveillon na Arena do Juruá. “Nós vamos vender pra quem, se o povo vai levar a bebida de casa?”

Com relação à proibição do uso de garrafas de vidro no local, os comerciantes também dizem terem sido pegos de surpresa. “Muita gente investiu em cerveja em garrafas que agora não poderão ser vendidas nas tendas. Mas nos camarotes pode. Desorganização total neste evento”, reclama Samuel

O que diz a Associação Comercial

O presidente da Associação Comercial do Alto Juruá, Luís Cunha, disse que não se comprometeu com ninguém com relação à proibição da entrada de pessoas com bebidas na área do réveillon. “É uma área aberta de um show gratuito e não há como evitar que as pessoas entrem em seus carros com bebidas. Esses comerciantes pagaram pelo direito de vender no local, com tenda e energia elétrica. E a fiscalização da prefeitura vai atuar para evitar que os ambulantes não vendam lá dentro”, explica Cunha, pontuando ainda que nos camarotes as garrafas são liberadas porque se trata de ambiente com garçons e seguranças particulares.

“Várias decisões passam pelas autoridades de segurança e pessoal da logística do evento”, concluiu.

Segundo a Polícia Militar, 30 homens atuarão na segurança do réveillon do estádio Arena do Juruá, que deverá contar com cerca de 40 mil pessoas. O número de seguranças particulares não foi informado.

O evento terá início às 21 horas e término previsto para as 5 horas da manhã, com show pirotécnico e apresentações da cantora Lauana Prado e de Chicão dos Teclados, além de artistas locais.

Por Sandra Assunção, do AC24horas.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS