9 fevereiro 2023 1:50
9 fevereiro 2023 1:50

Chuva derruba muro entre casas e idosa morre após ser atacada por cão

Idosa estava sozinha em casa quando foi atacada pelo animal; neto da vítima tentou desvencilhar avó do cachorro com um facão

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Uma idosa de 70 anos morreu depois de ser atacada por um cachorro, na tarde desta sexta-feira (30), em Morrinhos, no sul goiano. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o animal pertencia aos vizinhos da vítima e teria entrado no quintal da idosa após o muro que dividia as casas desabar, em razão das fortes chuvas.

De acordo com a corporação, a família da idosa chegou a colocar um anteparo no muro, porém, a suspeita é de que o animal tenha passado para o lote vizinho por meio de uma brecha. No momento do ataque, a família da vítima havia saído para ir ao supermercado e ela estava sozinha.

Ataque em curso

Os familiares da vítima acreditam que ela tenha sido atacado pelo cão, no momento em que foi até o quintal cuidar das plantas. Quando os parentes da idosa retornaram à casa, a mulher ainda estava sendo atacada pelo animal. No entanto, quando o Corpo de Bombeiros chegou à casa da vítima, ela já estava sem vida.

Conforme a corporação, a idosa tinha múltiplas feridas causadas pelas mordidas do cachorro e até fraturas.

Ainda de acordo com os bombeiros, segundo a família, durante o ataque à idosa, um neto da vítima, de cerca de 12 anos, tentou separar o animal da idosa com o uso de um facão. Porém, o ataque continuou. Após a situação, o cachorro teria saído do local depois de um disparo de arma de fogo realizado por um policial.

Não foi informado se o cão teria apenas se assustado com o barulho do disparo ou sido atingido pelo tiro.

Metrópoles
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS