7 fevereiro 2023 7:05
7 fevereiro 2023 7:05

Após vencer a Covid-19, acreana de Sena Madureira comemora 100 anos

Nascida no dia 30 de dezembro de 1922, a senamadureirense

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Nascida no dia 30 de dezembro de 1922, a senamadureirense Raimunda Pereira Bandeira, conhecida popularmente como dona “Nenêm”, está em clima de comemoração. É que nesta sexta-feira (30) ela completa exatamente 100 anos de vida e é uma das raras moradoras do vale do Iaco a alcançar essa marca.

Entre familiares e amigos, o clima é bastante contagiante, visto que, a idosa é uma pessoa muito querida por todos.

Dona “Nenêm” nasceu no rio Macauã, zona rural de Sena. Com o transcorrer dos anos, mudou-se para a área urbana, onde vive até os dias atuais. “Para nós é muito prazeroso poder contemplar mais um aniversário dessa pessoa tão querida. Ela não é enjoada, interage com a gente. É a nossa bonequinha, cuidamos dela com todo carinho e amor. Só temos a agradecer a Deus por todos os livramentos dado à ela. Está completando 100 anos de idade com saúde, para honra e glória do Senhor”, comentou sua neta Alicy Bandeira.

Oriunda de uma geração antiga, Raimunda Bandeira foi casada durante 40 anos com o senhor Manoel Amâncio Bandeira, com quem teve 11 filhos, dos quais seis ainda estão vivos: Maria Bandeira, Antônio Bandeira, Zé Bandeira, Irene Bandeira, Eunice Bandeira e Pedro Bandeira.

Atualmente, ela reside com sua filha Maria Bandeira no Bairro Cidade Nova. Passou a morar com a filha desde que ficou viúva do seu segundo casamento.

Para celebrar e agradecer a Deus pelo centenário de dona “Nenêm”, a família fará um culto de ação de graças.

Fonte: Contilnet

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS