25 janeiro 2023 9:34
25 janeiro 2023 9:34

12 MULTAS de trânsito que bloqueiam sua CNH automaticamente; cuidado!

Perder a CNH é um dos maiores medos dos motoristas, fique atento a essas multas para evitar que isso aconteça

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A suspensão automática da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é um dos maiores temores dos motoristas, uma vez que a soma de uma ou mais multas acaba levando o cidadão a perder a carteira de habilitação. De acordo com a Lei de Trânsito Brasileira (CTB), os motoristas suspensos perdem a autorização para dirigir veículos durante determinado período de tempo. O limite de tempo, no entanto, depende da infração cometida pelo condutor.

Perda automática da CNH por multas

Resumindo, se o motorista atingir 40 pontos no prontuário, a CNH poderá ser suspensa. No entanto, existem algumas infrações gravíssimas que podem inclusive reduzir o valor máximos de pontos que um determinado motorista pode acumular na carteira antes de que seu direito de dirigir seja suspenso.

Essa pontuação na carteira de habilitação é somada a cada vez que o motorista é multado. Além disso, o período de suspensão varia de 2 meses a 1 ano. Em casos de reincidência a penalização pode durar até 2 anos.

Pontos da CNH

O número de pontos que o condutor pode atingir antes da suspensão da CNH é definido conforme a quantidade de infrações gravíssimas cometidas pelo mesmo, como demonstrado abaixo:

Limite de pontos – É possível acumular caso o condutor:

40 pontos – Não tenha infrações consideradas gravíssimas

30 pontos – Tenha apenas uma infração gravíssima

20 pontos – Tenha duas ou mais infrações consideradas gravíssimas

Infrações que causam suspensão automática

A suspensão do direito de dirigir pode ocorrer em algumas situações. Em grande parte das vezes, a sanção mais grave ocorre quando o condutor comete infracções que põem em perigo todas as pessoas que estão envolvidas no contexto do trânsito, sejam eles condutores ou pedestres.

Sendo assim, você deve ficar atento a pelo menos 12 infrações consideradas gravíssimas pelas leis que regem o assunto:

– Dirigir embriagado ou sob qualquer forma de influência psicoativa.

– Dirigir de maneira que ameace pedestres ou outros veículos;

– Disputa de corridas

– Promover eventos esportivos ou participar de corridas como motorista sem permissão.

– Dirigir um veículo para realizar manobras perigosas, como arrancadas e derrapagens

– Falha em fornecer ou providenciar assistência em caso de acidente. Se possível, o ideal é tomar providências para evitar perigos no local do acidente a fim de facilitar o trabalho do perito.

– Atravessar sem permissão um bloqueio da polícia;

– Dirigir um veículo em velocidade superior à velocidade permitida em um determinado local (se a velocidade máxima exceder 50% do permitido)

– Andar de moto sem capacete,

– Andar de moto sem a viseira do capacete;

– Transporte de passageiros sem capacete;

– Fazer malabarismo com uma motocicleta ou equilibrar-se em uma roda só.

Pronatec

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS