6 dezembro 2022 10:27
6 dezembro 2022 10:27

Última missão: Atlético visita o Corinthians a um empate da Libertadores

Na 38ª rodada do Brasileiro, Galo precisa de uma igualdade contra o Timão na Neo Química Arena, em São Paulo, para garantir vaga na Copa Libertadores de 2023

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Neste domingo (13/11), às 16h, o Atlético vai em busca de sua última missão na Série A do Campeonato Brasileiro. Na 38ª rodada, o Galo visita o Corinthians na Neo Química Arena, em São Paulo, a um empate da Copa Libertadores de 2023.

O Atlético é o 7° colocado na tabela de classificação, com 55 pontos. A conta é simples: com um empate, o Galo vai aos 56 e garantirá, no mínimo, a 8ª colocação. A posição oferece vaga na fase preliminar da próxima Libertadores.
Em caso de vitória, o Alvinegro dependerá de um tropeço (empate ou derrota) do Athletico-PR (6° colocado, com 55 pontos) diante do Botafogo, em Curitiba, para assumir a 6ª posição e assegurar vaga direta na fase de grupos do torneio continental.
O pior cenário envolve a perda de duas ou três posições e a ausência na Libertadores, com vaga na Copa Sul-Americana. Para tanto, o Atlético precisa perder para o Corinthians e dois de seus três concorrentes abaixo na tabela (Botafogo, América e Fortaleza) precisam vencer.

O Coelho recebe o Atlético-GO no Independência, em Belo Horizonte, enquanto o Fortaleza visita o Santos no litoral paulista. Todos os jogos da rodada serão realizados às 16h deste domingo.

Cuca avalia Corinthians x Atlético

Em entrevista após a vitória sobre o Cuiabá, na última quinta-feira (10/11), o técnico Cuca pediu atenção máxima ao Atlético diante do Corinthians. O treinador paranaense projeta o último compromisso no Campeonato Brasileiro como uma “batalha”.
“O Corinthians é reativo, mas é proativo também – principalmente nos jogos em casa. (…) Tem jogadores muito técnicos. É uma equipe muito boa. Não sei quem é que eles vão utilizar nesse último jogo, mas a gente tem que ir preparado para uma batalha muito difícil. Sempre foi. Jogar lá na Arena Corinthians é muito difícil. A gente vai preparar bem para fazer esse último jogo bem feito”, garantiu.

O que vale para o Corinthians?

Em 4° lugar na tabela de classificação, com 65 pontos, o Timão já tem vaga garantida na fase de grupos da Copa Libertadores de 2023.
A única meta do Corinthians no encerramento do Brasileirão é subir uma posição na tabela e, consequentemente, aumentar a premiação a ser recebida. O 4° lugar em 2022 deve receber R$ 38,2 milhões, enquanto o 3° embolsará R$ 40,5 milhões.
Para subir na classificação, apenas uma combinação de resultados serve ao Timão: uma vitória diante do Galo na Neo Química Arena somada a uma derrota do Fluminense (atual 3°, com 67 pontos) para o RB Bragantino no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Retorno e desfalques do Atlético

O Atlético conta com um retorno importante para enfrentar o Corinthians. Trata-se do volante Allan, que cumpriu suspensão na 37ª rodada.
Havia a expectativa de que o meia-atacante Pedrinho fosse relacionado para a partida, mas, mesmo liberado pelo departamento médico, o jogador foi ausência na lista. Junior Alonso (dores no joelho esquerdo) e Eduardo Sasha (fadiga muscular) também seguem fora.
Os desfalques no departamento médico são os mesmos. Em tratamento de lesões, seguem: o zagueiro Igor Rabello, o lateral-esquerdo Guilherme Arana e os atacantes Hulk e Alan Kardec.
Técnico: Cuca
Motivo: 38ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Data e horário: domingo, 13 de novembro de 2022, às 16h
Local: Neo Química Arena, em São Paulo
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (FIFA-SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (FIFA-SC) e Alex dos Santos (SC)
VAR: Rafael Traci (SC)
TransmissãoGloboPremiere e tempo real do Superesportes
CORINTHIANS X ATLÉTICO
Corinthians
Cássio; Fagner, Robert Renan, Gil (Balbuena) e Fábio Santos; Du Queiroz, Ramiro e Renato Augusto; Mateus Vital, Roger Guedes e Yuri Alberto.
Técnico: Filipe Almeida (auxiliar)
Atlético
Everson; Mariano (Guga), Jemerson, Réver e Dodô; Allan (Otávio), Jair e Nacho Fernández; Zaracho, Keno e Vargas.

Estado de Minas
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS