2 dezembro 2022 8:54
2 dezembro 2022 8:54

Tite comanda treino sem câmeras e dá pistas da formação do Brasil na Copa

O técnico dividiu seus 23 jogadores de linha em dois grupos, um com 12 e outro com 11 atletas

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O quarto treino da seleção brasileira, nesta quinta-feira (17), na cidade italiana de Turim, ainda não revelou o time titular para a estreia na Copa do Mundo, no próximo dia 24, mas deu pistas sobre a formação que Tite pode usar contra a Sérvia.

O técnico dividiu seus 23 jogadores de linha em dois grupos, um com 12 e outro com 11 atletas. Em campo, eram dez titulares de cada lado e o restante revezando. Os dois times jogaram num esquema tático que parte do 4-2-3-1, mas misturando reservas e titulares.

Apesar de não mostrar o time, o treinamento revelou alguns elementos da proposta de jogo:

– Neymar é meia central entre dois pontas muito abertos. Ele só fez essa função ao longo do treino tático;
– Lucas Paquetá atuou o tempo inteiro como segundo volante, e não como meia ofensivo ou ponta esquerda, o que mostra que Tite considera utilizá-lo mais recuado, disputando posição com Fred, Bruno Guimarães e Everton Ribeiro;
– Rodrygo treinou como meia central. Ele é, portanto, o reserva imediato de Neymar;
– As disputas nas pontas são entre Raphinha e Antony na direita, Vini Jr e Gabriel Martinelli na esquerda. Como centroavante, Pedro, Richarlison e Jesus estão no páreo.

No treino desta quinta-feira, Tite autorizou apenas 15 minutos de filmagens, de modo a esconder a parte tática do treinamento, principalmente a atividade de bolas paradas defensivas. A atividade não foi fechada, então os jornalistas e convidados puderam assistir e tirar impressões, mas sem gerar imagens.

A próxima atividade é na sexta (18), às 7h (de Brasília). É o último treino em Turim, porque sábado o grupo embarca para o Qatar.

 (UOL/FOLHAPRESS)

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS