2 dezembro 2022 8:58
2 dezembro 2022 8:58

Sikêra Jr. perde processo e terá que indenizar Xuxa Meneghel por ofensas contra a apresentadora

Valor do processo foi reduzido de R$ 300 mil para R$ 50 mil

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O jornalista Sikêra Jr. e a RedeTV!, que é responsável por retransmitir o seu programa poliasleco Alerta Nacional para todo o Brasil foram condenados a indenizar a apresentadora Xuxa Meneghel em R$ 50 mil, segundo decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Xuxa havia movido a ação contra o apresentador bolsonarista após Sikêra Jr. ter ofendida a sua honra durante uma edição de seu programa em outubro de 2020. Na época, o comunicador afirmou que a apresentadora ‘quer levar as crianças à travessura, prostituição e suruba’. Além disso, o jornalista da RedeTV! ainda se referiu a loira como ‘ex-rainha’ e insinuou que ‘pedofilia é crime e não prescreve’.

As ofensas contra a ex-apresentadora da TV Globo começaram logo depois do lançamento do livro infantil com temática LGBTQIA+, Maya: Bebê Arco-Íris. De acordo com o desembargador do processo, César Peixoto, Sikêra Jr. ultrapassou o limite da liberdade de expressão, já que as suas falas serviram apenas com ‘o intuito deliberado de depreciar a dignidade’ da apresentadora.

‘As manifestações foram realizadas por meio do emprego de tom jocoso e de linguajar escrachado que, muito embora sejam característicos da atração televisiva, evidentemente excederam os limites do bom senso, da boa educação. Além de que o valor da pena não estava em harmonia com os critérios de proporcionalidade utilizados’, destacou o desembargador, que justificou a redução do valor da indenização de R$ 300 mil para R$ 50 mil.

Observatório da TV

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS