29 novembro 2022 11:08
29 novembro 2022 11:08

Os dias de jogos da copa do mundo serão feriados? Confira

Entenda como funcionários e empregadores podem chegar em um acordo para acompanharem a seleção no evento.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A Copa do Mundo começa em novembro. Saiba como deverá funcionar o expediente durante o evento!

A Copa do Mundo de Futebol é uma paixão nacional, que de quatro em quatro anos movimenta o país de norte a sul, reunindo brasileiros em frente à televisão na torcida pela seleção.

Há anos, sonhamos com o hexa campeonato, e os bons resultados da equipe nas eliminatórias e em jogos amistosos estão trazendo esperança à população que deseja que a taça venha novamente para o Brasil.

Apesar do clima de animação e esperança que começa a crescer para o campeonato que começa no dia 20 de novembro, muitos trabalhadores estão se perguntando como farão para acompanhar aos jogos da seleção brasileira na Copa do Mundo do Catar.

Será que os dias em que o Brasil foi a campo serão feriado e os trabalhadores poderão “matar” o trabalho para assistir a seleção? É possível fazer acordos com os empregadores para conseguir conciliar o expediente de trabalho com os jogos? Essas dúvidas certamente estão pairando a cabeça de milhões de brasileiros, e o Terra conversou com alguns profissionais que podem ajudar a esclarecer essa questão.

Segundo informado pelo portal de notícias, os dias em que a competição acontece são vistos como um dia normal de trabalho pela legislação trabalhista do Brasil. Isso significa que os trabalhadores não estão automaticamente liberados para faltarem o trabalho.

No entanto, os trabalhadores e empregadores podem estabelecer uma negociação de liberação ou folga para acompanhar a seleção brasileira.

Em entrevista ao portal de notícias, o advogado, diretor jurídico e professor de pós-graduação em Direito e Processo do Trabalho Flavio Ordoque explicou que, nos dias da copa, a liberação ou não dos funcionários depende da vontade da empresa.

Na etapa de grupos, a seleção brasileira disputará três jogos, dias 24 e 28 de novembro, e dia 2 de dezembro. Os jogos de novembro terão início às 16h do horário de Brasília. Já o último acontecerá às 13h, no meio do expediente.

Para que a situação fique confortável para ambos os lados, funcionários e empregadores podem chegar em alguns consensos. Tabata Silva, gerente de marketing da Empregos.com.br cita criar espaços no próprio local de trabalho para as equipes acompanharem aos jogos, ou até mesmo liberar os funcionários para assistirem fora do ambiente de trabalho.

No entanto, há empresas que optam por seguir com a jornada de trabalho normalmente, ou exigem que os funcionários reponham as horas que pararam para assistirem aos jogos.

Flávio Ordoque aponta que a não liberação dos funcionários pode criar um clima desagradável no ambiente de trabalho, e acredita que, embora seja direito das empresas seguirem com o expediente normalmente, essa não seja a opção mais indicada.

No entanto, o mais importante é que, independentemente do caminho escolhido pela empresa, a decisão seja informada aos trabalhadores com antecedência, de forma que todos consigam entender o posicionamento adotado.

Tabata também acrescenta que aqueles que não costumam acompanhar futebol podem preferir trabalhar durante os dias de jogo para não precisarem fazer a compensação, e que a empresa precisa considerar a perspectiva de todos os seus funcionários.

As leis da CLT mencionadas anteriormente no texto são válidas para todos os profissionais, inclusive para professores. As escolas têm a possibilidade de dar feriado, mas as aulas que não foram cumpridas devem ser repostas para a manutenção do currículo escolar.

Na primeira fase da Copa do Mundo do Catar, com início no próximo mês, a seleção brasileira enfrentará os seguintes embates: em 24/11 (quinta-feira) contra a Sérvia, às 16h, em 28/11 (segunda-feira) diante da Suíça, às 13h, e no dia 02/12 (sexta-feira) contra Camarões, às 16h.

Fonte/ Portal O segredo

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS