24 novembro 2022 3:45
24 novembro 2022 3:45

Número de mortos em terremoto na Indonésia volta a subir e passa de 270

Com mais de 270 milhões de habitantes, a Indonésia é frequentemente atingida por terremotos, erupções vulcânicas e tsunamis devido à sua localização no "Anel de Fogo", um arco de vulcões e linhas de falha na Bacia do Pacífico.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Três dias após ser atingida por um terremoto de magnitude 5,6, a Indonésia continua em busca de desaparecidos e a contagem de mortos não para de subir, o número já chega a 271. Com o epicentro atingindo principalmente a província de Java Ocidental, o trabalho de resgate é lento e algumas áreas remotas permanecem inacessíveis.

Nesta 4ª feira (23.nov), o governo mobilizou mais de 12.000 militares para aumentar os esforços de busca que estão sendo realizados por mais de 2.000 forças conjuntas da polícia, da agência de busca e resgate e voluntários, disse Suharyanto, chefe da Agência Nacional de Mitigação de Desastres.

Ainda segundo a autoridade, mais de 58.000 sobreviventes foram transferidos para abrigos temporários. Dos 2.043 feridos, 600, todos em estado grave, recebem tratamento em hospitais da região.

Com mais de 270 milhões de habitantes, a Indonésia é frequentemente atingida por terremotos, erupções vulcânicas e tsunamis devido à sua localização no “Anel de Fogo”, um arco de vulcões e linhas de falha na Bacia do Pacífico.

Em fevereiro, um terremoto de magnitude 6,2 matou pelo menos 25 pessoas e feriu mais de 460 na província de Sumatra Ocidental. Em janeiro de 2021, um terremoto de magnitude 6,2 matou mais de 100 pessoas e feriu quase 6.500 na província de West Sulawesi.

Com informações SBT News

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS