25 novembro 2022 3:45
25 novembro 2022 3:45

Motorista de carro de luxo atropela e mata motociclista a 180 quilômetros por hora

Por Angélica Florêncio

- Publicidade -

Uma verdadeira tragédia ocorreu na noite desta quinta-feira, 24, na altura do km 64, da BR-317, entre a Vila Pia e Caquetá.

Um homem identificado por João Paulo Conceição Severino, de 28 anos, teria saído de casa próximo a Vila Caquetá e seguia em direção ao km 55, onde ele iria até a casa da sua namorada pedir sua mão em casamento.

Durante o percurso até a residência da sua amada, ele foi surpreendido por um Honda Civic placa NAD-5143 que trafegava com três ocupantes, e fazia o mesmo trajeto que João Paulo. O veículo bateu na traseira da moto, e arremessou o motociclista a cerca de 95 metros de distância, ocasionado a morte da vítima após a queda ao solo. Em seguida, o carro capotou por várias vezes, ficando com os pneus para cima. Os três ocupantes do veículo saíram do carro ilesos, fugindo do local do acidente sem prestar socorro a vítima que estava caída em outro parte da estrada.

Uma caminhonete que trafegava logo atrás, não viu a moto no meio da estrada e saiu arrastando a motocicleta por cerca de 80 metros. Com o impacto, os pneus da caminhonete estouraram e o condutor parou no local, trocou os pneus e também se evadiu da cena do acidente, deixando pra trás João Paulo, que estava morto, jogado às margens da BR-317.

O Honda Civic placa NAD-5134, veículo que causou o acidente, após o capotamento, ficou com o sistema elétrico ligado, e o painel marcava 180km/h, mostrando que o motorista dirigia em alta velocidade, em uma estrada que não tem visibilidade noturna adequada.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) estava no local, realizando os procedimentos de perícia e tentando descobrir o paradeiro dos ocupantes do Honda Civic. Segundo um tio de João Paulo, os envolvidos no acidente são jovens e conhecidos na região. Possivelmente estariam sob efeito de álcool ou drogas, ocasionando um acidente com vítima fatal. Ainda segundo o tio, eles fugiram e não foram para casa, possivelmente devem está escondidos em uma área de mata nas redondezas.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS