23 novembro 2022 5:11
23 novembro 2022 5:11

Marina Silva recebe Troféu Raça Negra por sua luta em prol de políticas de inclusão racial e enfretamento ao racismo

22 mulheres foram premiadas porque contribuíram para a inclusão do negro no Brasil e no mundo.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Em sua 20ª edição, o Troféu Raça Negra premiou 22 mulheres que contribuíram para a inclusão do negro no Brasil e no mundo. Entre as homenageadas estava a acreana, deputada federal eleita por São Paulo, Marina Silva (Rede Sustentabilidade). A solenidade foi promovida na última segunda-feira, 21.

“Me senti imensamente honrada ao receber o troféu Raça Negra. A sua vigésima edição celebrou mais uma vez as conquistas do progresso, inclusão e fortalecimento da trajetória do povo preto brasileiro nas universidades públicas, mercado de trabalho e sociedade, bem como premiou personalidades nacionais e internacionais cuja jornada e realizações tenha contribuído para o empoderamento e valorização da diversidade racial. A luta por políticas públicas para o enfrentamento do racismo precisa estar presente em todos os setores da nossa sociedade. Combater o racismo em todas as esferas é dever de todos”, afirmou Marina, em suas redes sociais.

Marina Silva, que já foi senadora pelo Acre e ex-ministra do Meio Ambiente, compõe a equipe de transição do governo Lula e é cotada pela imprensa para assumir um ministério em 2023.

Também foram premiadas Inês Maria Coimbra, Maria Alice Setúbal, Luiza Trajano, Sônia Silva, MC Soffia Gomes, Glaucimar Peticov, Neilda Fabiano, Aline Borges, Patrícia Villela, Paulina Chiziane, Leci Brandão, Duda Ribeiro, Aline Torres, Hélia de Souza (Fofão), Dilma Rousseff, Lu Alckmin, Simone Tebet, Marta Suplicy, Eunice Prudente, Graça Machel e Benedita da Silva.

A Gazeta do Acre

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS