2 dezembro 2022 9:07
2 dezembro 2022 9:07

Mais de 14 mil famílias precisam atualizar dados do CadÚnico; prazo encerra nesta sexta

Ao todo são 73.882 famílias inscritas, porém, desde o início da atualização, apenas 59.280 compareceram para a revisão.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Encerra nesta sexta-feira, 11, o prazo para que as famílias inscritas no Cadastro Único, o CadÚnico, façam a revisão dos dados. Em Rio Branco, 14.602 ainda não compareceram para fazer a atualização. Atualização é feita nos Centros de Referência em Assistência Social (Cras).

De acordo com dados da coordenação do CadÚnico na capital, ao todo são 73.882 famílias inscritas, porém, desde o início da atualização, apenas 59.280 compareceram para a revisão, até esta quinta, 10.

O prazo que deveria ter encerrado em outubro, e foi prorrogado devido às filas nos Cras de todo o país.

Entretanto, a coordenadora do Cadastro Único e Programa Auxílio Brasil de Rio Branco, Lunayra Melo, disse que a procura é grande, mas o trabalho é feito para garantir o atendimento.

“Há uma procura muito grande para atualização do Cadastro do Único, no entanto, nossos servidores e colaboradores estão, como sempre, motivados e preparados para as demandas que possam surgir, o que se reflete nos números de cadastros atualizados: 59.280. Há, por enquanto, 14.602 a serem atualizados”, disse.

As famílias inscritas no CadÚnico devem atualizar os dados a cada dois anos ou sempre que houver alguma alteração. No caso, esta revisão cadastral foi escalonada devido aos impactos causados pela pandemia de covid-19. E estão sendo convocadas aquelas que fizeram a última revisão em 2016 e 2017.

A coordenadora explica que é importante lembrar que a atualização é fundamental para os beneficiários do Auxílio Brasil que precisam cumprir com as condicionalidades do Programa para garantir que não seja bloqueado. Ao fim do prazo, aquele que não tiver feito a atualização terá o benefício bloqueado, mas basta procurar um Cras e fazera revisão para o desbloqueio.

As exigências para receber o Auxílio Brasil são:

– Estar com o Cadastro Único atualizado.

– Crianças entre 4 e 5 anos tem que estar com no mínimo 60% da frequência escolar mensal.

– Frequência escolar mensal mínima de 75% para os beneficiários de 6 a 15 anos e 16 a 21 anos incompletos que tenham benefícios atrelados a eles.

– Na área da saúde as mulheres que estão gestantes precisam estar com o pré-natal em dia, e as crianças precisam estar com as vacinas e o acompanhamento nutricional (pesagem e altura) de crianças menores de 7 anos.

A Gazeta do Acre/Alcinete Gadelha
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS