25 novembro 2022 12:37
25 novembro 2022 12:37

Lula em Portugal: ‘Bolsonarismo está vivo, mas vamos derrotá-lo’

Presidente eleito disse que Bolsonaro não soube perder as eleições e alega que isso provocou um processo de violência na extrema direita

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

 

Durante encontro com a comunidade brasileira de Lisboa, em Portugal, no Iscte (Instituto Universitário de Lisboa), o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que o presidente Jair Bolsonaro (PL) “não soube perder” as eleições e disse que embora bolsonarismo esteja vivo, irá derrotá-lo. A declaração foi dada na manhã deste sábado (19/11).

Para o petista, o fato de Bolsonaro não reconhecer claramente a derrota nas eleições, fez com que a extrema direita entrasse em um processo de violência, referência aos que contestam o resultado da eleição presidencial. Lula ainda afirmou que irá derrotar o bolsonarismo sem perseguição ou violência, pois o que ele deseja é um país que viva em paz.

“A democracia é uma sociedade em movimento. Quem ganha ri, quem perde chora […]. Me parece que quem foi derrotado agora não soube perder e terminou em um processo que a gente não conhecia no Brasil, que é o processo da violência da extrema direita. Eu nunca vi a esquerda praticar 10% das imprudências que a extrema direita está fazendo no Brasil. Nunca vi. Eu acho que é importante ter em conta que a gente derrotou o Bolsonaro e ganhou as eleições, mas o radicalismo, a ignorância e o bolsonarismo ainda estão vivos e nós precisamos derrotar. Mas vamos derrotá-lo sem utilizar os métodos que utilizam contra nós. A  gente não quer perseguição. Não quer violência. A gente quer um país que viva em paz”, disse Lula no encontro.

Estado de Minas

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS