29 novembro 2022 10:19
29 novembro 2022 10:19

Líder do Governo chama bloqueios de “covardes” e diz que ninguém está protestando por livre vontade

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O líder do Governo na Aleac, deputado Pedro Longo (PDT), criticou hoje (22), durante fala na tribuna, os bloqueios que estão ocorrendo ao longo da BR-364 em Rondônia e que já tem provocado o desabastecimento de alguns itens no Acre.

Longo classificou os bloqueios feitos por lá como “covardes” e disse que muitas pessoas não estão “protestando por livre e espontânea vontade”. “Eu chamo esses bloqueios de covardes. Ninguém tá ali de livre e espontânea vontade. Estamos vendo caminhoneiros sendo forçados a participarem dos atos. Tem resistências às forças policiais. E o grande prejudicado é o povo principalmente o acreano”, discursou.

Em determinado trecho, o parlamentar exigiu uma ação da bancada federal, mais precisamente dos senadores e providências dos órgãos federais.

“Peço e exijo das nossas autoridades federais providências enérgicas! Não é possível que a nossa população fique sem gás para cozinhar, que as farmácias sejam desabastecidas, que falte combustível por causa de um protesto contra o resultado das eleições. Eu já vi protesto contra a fome, contra a miséria, agora protestar por causa do resultado das eleições, isso é novo. Peço ajuda dos senadores para que sejam mais atuantes. Cadê os senadores na questão da BR, na questão dos bloqueios? Eles têm o mesmo poder que qualquer outro senador do país”, concluiu.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS