23 novembro 2022 9:17
23 novembro 2022 9:17

Ladrões são espancados após vítima notar arma de brinquedo; Veja vídeo

Condutor de moto partiu para cima de criminosos e teve ajuda de testemunhas; especialista orienta a não reagir a assaltos

Por Portal Banda B

- Publicidade -

Dois criminosos foram rendidos e espancados após tentarem roubar um casal que estacionava uma moto de luxo em frente a um condomínio em Perdizes, na zona oeste de São Paulo, na noite de quarta-feira (9).

O rapaz abordado, 23, reagiu após notar que os bandidos usavam uma arma de airsoft. Outras testemunhas se juntaram ao jovem, e Augusto Carlos Nunes da Silva, 21, e Ronax Almeida Sampaio, 18, foram espancados por oito pessoas no total, segundo imagens captadas por uma câmera de monitoramento.

A defesa de ambos, que após a prisão ficaram em silêncio na delegacia, não havia sido localizada até a publicação deste texto. Eles foram indiciados em flagrante por roubo qualificado.

As imagens mostram o casal chegando na moto esportiva às 22h43, quando é abordado pelos bandidos. Sampaio desembarca da garupa, pegando dois celulares e um relógio das vítimas, enquanto Silva aponta a arma em direção a elas.

Quando o rapaz percebe que a arma é falsa, parte para cima de Silva. Eles entram em confronto, e Sampaio tenta intervir. Segundo relatado à polícia pela namorada do rapaz, de 28 anos, ele foi ferido com ao menos seis tiros de airsoft na região do peito.

A briga dura cerca de um minuto, até que um entregador de aplicativo passa pelo local e joga sua moto sobre o veículo dos assaltantes. A luta continua, chamando a atenção de funcionários de uma pizzaria ao lado.

Nesse momento as imagens mostram seis pessoas indo para cima dos ladrões. Silva é derrubado no meio da rua, e Sampaio é contido contra um muro. Ambos são espancados com chutes na região do rosto e golpes com capacetes –tanto do rapaz abordado como do motoboy.

Mais um minuto se passa, até que outro entregador que passava pelo local estaciona seu veículo e se junta à investida contra os bandidos. Ao todo, oito pessoas aparecem nas imagens, batendo nos ladrões. O vídeo é interrompido quase três minutos após a abordagem ao casal.

A dupla foi presa por policiais militares e levada para o pronto-socorro da Lapa, na zona oeste. Eles foram medicados e levados posteriormente para o 91º DP (Ceagesp), onde o caso foi registrado.

Por solicitação da polícia, na quinta-feira (10) a Justiça converteu a prisão em flagrante dos suspeitos em prisão preventiva, ou seja, por tempo indeterminado.

Os dois celulares e o relógio do casal, avaliados em R$ 10.500, foram recuperados e devolvidos às vítimas.

Especialistas alertam para que vítimas não reajam a abordagens violentas, para não colocar em risco a própria vida.

“Jamais reaja a assaltos”, afirma Rafael Alcadipani, membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e professor da FGV (Fundação Getulio Vargas). Segundo ele, a população não pode tentar resolver problemas de segurança com as próprias mãos.

Os roubos aumentaram 5% na cidade de São Paulo, passando de 11.540 registros em setembro de 2019 para 12.130 casos no mesmo mês deste ano. A alta nos índices criminais ligou o sinal de alerta no governo Rodrigo Garcia (PSDB), que em maio implantou a Operação Sufoco, com maior número de policiais nas ruas e trocas nos comandos das Polícias Civil e Militar, anunciadas dias antes.

Veja o vídeo:

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS