5 fevereiro 2023 2:09
5 fevereiro 2023 2:09

Justiça nega liberdade a padrasto que abusou adolescente por 4 meses

Adolescente contou sobre abusos durante consulta com psicóloga

Por Midiamax Uol

- Publicidade -

A Justiça de Mato Grosso do Sul negou a liberdade ao homem de 40 anos, preso por estuprar a enteada de 13 anos, na fazenda em que moravam. A garota contou sobre os abusos em uma consulta com psicóloga.

O homem foi preso em agosto deste ano, após a denúncia do crime na Polícia Civil. A defesa pediu pela liberdade, mas na decisão publicada em Diário da Justiça desta sexta-feira (25) foi argumentado que: “Face à garantia da ordem pública, evidenciado na gravidade concreta da conduta do requerente tendo repercussão no meio social”.

A menina relatou os abusos a uma psicóloga quando começou a fazer tratamento cerca de 4 meses após ter começado a ser estuprada pelo padrasto. Depois dos relatos feitos a médica, a denúncia foi feita na polícia, e o homem acabou preso pelo crime.

No relato à psicóloga, a adolescente disse que não tinha denunciado antes por medo do padrasto.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS