8 dezembro 2022 1:39
8 dezembro 2022 1:39

Jovem viaja para pedir namorada em casamento, mas fica 2 dias preso às ferragens; Veja o vídeo

Ele saiu de Campo Grande rumo a Naviraí para fazer o pedido, mas sofreu o acidente poucos quilômetros antes de chegar ao destino

Por Midiamax Uol

- Publicidade -

O que era para ser um fim de semana de felicidade foi de muita preocupação para uma família de Campo Grande. O jovem Davidson Borges Valdez se preparava para pedir a namorada em casamento, quando na viagem rumo a Naviraí sofreu um acidente. Ele passou o fim de semana preso às ferragens do veículo em uma ribanceira na BR-163.

De acordo com familiares, o jovem passou mais de 48 horas desaparecido já que sofreu o acidente por volta das 7h de sexta-feira (18) e só foi encontrado nesta segunda-feira (21), depois do meio-dia. No momento, o jovem está internado em um hospital de Naviraí, com vários machucados pelo corpo, mas consciente.

As causas do acidente ainda são desconhecidas. O veículo, um Peugeot 206 preto, teria capotado, saído da pista e caído na ribanceira às margens da BR-163. O acidente aconteceu a poucos quilômetros do destino do jovem.

Dificuldade para acessar às imagens

A BR-163 em MS tem câmeras de segurança administradas pela concessionária CCR MSVia. Porém, a empresa dificultou o acesso às imagens, segundo familiares da vítima. Só nessa segunda-feira, com o apoio da PRF (Polícia Rodoviária Federal), que conseguiram as imagens.

Irmão de Davidson, Gustavo contou ao Jornal Midiamax que em 40 minutos após a CCR liberar a imagem de que o carro foi visto pela última vez no km 135 da BR-163, o jovem foi encontrado.

“Eles dificultaram. Estávamos desde sexta-feira atrás do acesso às câmeras, mas eles diziam que tinha que enviar ofício e não respondiam. Hoje percorri todo o trecho de Campo Grande até lá, conversando com todos os policiais, delegacias e com a ajuda deles foi que conseguimos as imagens e encontrar meu irmão”, diz.

CCR diz que colaborou

A CCR MSVia informou em nota, que as imagens de acidentes na BR-163/MS não são disponibilizadas devido ao seu caráter estritamente operacional, e por estarem sob sigilo constitucional, conforme o que consta no artigo 5º XII da Constituição Federal, exceto quando solicitadas pela autoridade competente (Delegado ou Juiz), mediante ofício enviado diretamente à Concessionária.

Ainda assim, a partir do momento em que tomou conhecimento do caso, a CCR MSVia se colocou à disposição dos familiares e autoridades locais, e intensificou imediatamente uma inspeção no trecho, mobilizando equipes e utilizando todo o seu aparato tecnológico para encontrar o usuário.

Após as buscas, o motorista foi localizado nesta segunda-feira, com vida, em meio a uma mata fechada e de difícil acesso. Em seguida, uma ambulância da CCR MSVia deslocou-se até o local para socorrer o usuário, que recebeu os primeiros atendimentos médicos por profissionais da Concessionária e, na sequência, foi rapidamente encaminhado ao hospital.

A CCR MSVia reitera que segue trabalhando para melhor atender à população sul-mato-grossense que utiliza o corredor da BR-163 em Mato Grosso do Sul.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS